balde branco

O leite longa vida representa 86% do leite fluido consumido no país. Para este ano, direção do ABLV espera crescer 2%

Na solenidade que marcou 22 anos de atividade, realizada em São Paulo, no último dia 17 de agosto, a ABLV-Associação Brasileira de Leite Longa Vida, admitiu estar à margem da crise que ronda o Brasil. Para reforçar tal posição, anunciou o lançamento do movimento ‘Leite Faz Seu Tipo’, que tem o objetivo de manter a solidez e boa reputação do leite no País.

O investimento na ação aponta o otimismo da indústria que espera para o ano um crescimento de 2%, o que gera um volume de negócios em toda a cadeia de cerca de R$ 20 bilhões, considerando-se o valor médio do litro de leite vendido aos consumidores (6,86 bilhões a R$ 3,00). Em 2015 o crescimento do setor também foi de 2%, resultando num volume de 6,73 bilhões de litros.

A manutenção do crescimento esperado de 2% é justificado pelo continuo avanço sobre o segmento de leite pasteurizado, que deve apresentar recuo da ordem de 10%, como nos anos anteriores. Também se espera estagnação ou ligeira queda do leite em pó de consumo, o que contribui para o crescimento do UHT.

O último ano mostrou que, apesar da crise, o leite longa vida é uma preferência dos brasileiros e representa 86% do leite fluido de consumo, categoria em que faz parte junto com o leite pasteurizado (14%). Quando o leite em pó de consumo direto é incluído na estatística, o leite longa vida representa 62,5% do total de leite consumido no Brasil.

Já o consumo per capita/ano de leite (todos os tipos somados) no Brasil é de cerca de 60 litros e está alinhado ao consumo de países desenvolvidos e de alto poder aquisitivo. No entanto, o consumo per capita de lácteos (170 litros de leite-equivalente/ano/habitante – 2015), ainda é baixo se comparado com os mesmos países (até 220 litros em média). Por isso, o mercado de leite de consumo deve crescer menos que o mercado de produtos lácteos como um todo nos próximos anos. Outros segmentos, particularmente o de queijos, que têm baixo consumo per capta, devem crescer de maneira mais significativa.

Ação para divulgar informações
Em linha com um de seus pilares estratégicos, de manter a boa reputação do leite, a ABLV acaba de lançar o movimento ‘Leite Faz seu Tipo’ (www.leitefazseutipo.com.br). A iniciativa reúne plataforma digital, fan page no Facebook e ações off-line entre todos associados.

A plataforma funciona como núcleo informativo com o melhor conteúdo a respeito do leite para esclarecer os mitos e verdades e tratar de todo o universo que o compõe: nutrição, saúde, mitos e verdades, cultura, receitas, mercado e curiosidades. Os conteúdos estão subdivididos nas seguintes seções: Leite Tipo Assim; Gente Tipo Pequena, Gente Tipo Saudável, Gente Tipo Fitness, Gente Tipo Gourmet e Intolerância ou Alergia, que serão compartilhados em Fan Page no Facebook.

O conceito criativo da plataforma também foi idealizado para extrapolar o ambiente off-line. Estão previstos materiais de comunicação para aplicação em caminhões dos laticínios e/ou transportadoras de leite; packs promocionais e materiais de pontos de venda já utilizados pelas 34 empresas associados da ABLV em seus canais de comunicação e promoção, estimulando os consumidores a se engajar nessa causa.

Para o presidente da entidade e do Laticínios Bela Vista (Piracanjuba), Cesar Helou, a qualidade do leite deve ser sempre enfatizada. “O leite é um produto natural. Contém muitas vitaminas e sais minerais necessários para manter a saúde do corpo e, em termos de nutrição é um dos alimentos mais completos”, citou. Sobre a campanha agora lançada, diz que a meta é usar diferentes plataformas a fim de esclarecer o que é mito e o que é verdade acerca do produto.

O movimento Leite Faz Seu Tipo também será disseminado por meio de estratégia de ações de relacionamento com influenciadores, compra de mídia em redes sociais, ativações e mídias alternativas.

Atualmente, a Associação Brasileira da Indústria de Leite Longa Vida reúne as 34 maiores empresas do setor que, juntas, produzem mais de 75% de todo o leite UHT processado e consumido no País.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?