ABLV aponta crescimento do setor leiteiro - Digital Balde Branco

O lei­te lon­ga vida repre­sen­ta 86% do lei­te flui­do con­su­mi­do no país. Para este ano, dire­ção do ABLV espe­ra cres­cer 2%

Na sole­ni­da­de que mar­cou 22 anos de ati­vi­da­de, rea­li­za­da em São Pau­lo, no últi­mo dia 17 de agos­to, a ABLV-Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Lei­te Lon­ga Vida, admi­tiu estar à mar­gem da cri­se que ron­da o Bra­sil. Para refor­çar tal posi­ção, anun­ci­ou o lan­ça­men­to do movi­men­to ‘Lei­te Faz Seu Tipo’, que tem o obje­ti­vo de man­ter a soli­dez e boa repu­ta­ção do lei­te no País.

O inves­ti­men­to na ação apon­ta o oti­mis­mo da indús­tria que espe­ra para o ano um cres­ci­men­to de 2%, o que gera um volu­me de negó­ci­os em toda a cadeia de cer­ca de R$ 20 bilhões, con­si­de­ran­do-se o valor médio do litro de lei­te ven­di­do aos con­su­mi­do­res (6,86 bilhões a R$ 3,00). Em 2015 o cres­ci­men­to do setor tam­bém foi de 2%, resul­tan­do num volu­me de 6,73 bilhões de litros.

A manu­ten­ção do cres­ci­men­to espe­ra­do de 2% é jus­ti­fi­ca­do pelo con­ti­nuo avan­ço sobre o seg­men­to de lei­te pas­teu­ri­za­do, que deve apre­sen­tar recuo da ordem de 10%, como nos anos ante­ri­o­res. Tam­bém se espe­ra estag­na­ção ou ligei­ra que­da do lei­te em pó de con­su­mo, o que con­tri­bui para o cres­ci­men­to do UHT.

O últi­mo ano mos­trou que, ape­sar da cri­se, o lei­te lon­ga vida é uma pre­fe­rên­cia dos bra­si­lei­ros e repre­sen­ta 86% do lei­te flui­do de con­su­mo, cate­go­ria em que faz par­te jun­to com o lei­te pas­teu­ri­za­do (14%). Quan­do o lei­te em pó de con­su­mo dire­to é incluí­do na esta­tís­ti­ca, o lei­te lon­ga vida repre­sen­ta 62,5% do total de lei­te con­su­mi­do no Brasil.

Já o con­su­mo per capita/ano de lei­te (todos os tipos soma­dos) no Bra­sil é de cer­ca de 60 litros e está ali­nha­do ao con­su­mo de paí­ses desen­vol­vi­dos e de alto poder aqui­si­ti­vo. No entan­to, o con­su­mo per capi­ta de lác­te­os (170 litros de lei­te-equi­va­len­te/a­no/ha­bi­tan­te — 2015), ain­da é bai­xo se com­pa­ra­do com os mes­mos paí­ses (até 220 litros em média). Por isso, o mer­ca­do de lei­te de con­su­mo deve cres­cer menos que o mer­ca­do de pro­du­tos lác­te­os como um todo nos pró­xi­mos anos. Outros seg­men­tos, par­ti­cu­lar­men­te o de quei­jos, que têm bai­xo con­su­mo per cap­ta, devem cres­cer de manei­ra mais significativa.

Ação para divul­gar informações
Em linha com um de seus pila­res estra­té­gi­cos, de man­ter a boa repu­ta­ção do lei­te, a ABLV aca­ba de lan­çar o movi­men­to ‘Lei­te Faz seu Tipo’ (www.leitefazseutipo.com.br). A ini­ci­a­ti­va reú­ne pla­ta­for­ma digi­tal, fan page no Face­bo­ok e ações off-line entre todos associados.

A pla­ta­for­ma fun­ci­o­na como núcleo infor­ma­ti­vo com o melhor con­teú­do a res­pei­to do lei­te para escla­re­cer os mitos e ver­da­des e tra­tar de todo o uni­ver­so que o com­põe: nutri­ção, saú­de, mitos e ver­da­des, cul­tu­ra, recei­tas, mer­ca­do e curi­o­si­da­des. Os con­teú­dos estão sub­di­vi­di­dos nas seguin­tes seções: Lei­te Tipo Assim; Gen­te Tipo Peque­na, Gen­te Tipo Sau­dá­vel, Gen­te Tipo Fit­ness, Gen­te Tipo Gour­met e Into­le­rân­cia ou Aler­gia, que serão com­par­ti­lha­dos em Fan Page no Facebook.

O con­cei­to cri­a­ti­vo da pla­ta­for­ma tam­bém foi ide­a­li­za­do para extra­po­lar o ambi­en­te off-line. Estão pre­vis­tos mate­ri­ais de comu­ni­ca­ção para apli­ca­ção em cami­nhões dos lati­cí­ni­os e/ou trans­por­ta­do­ras de lei­te; packs pro­mo­ci­o­nais e mate­ri­ais de pon­tos de ven­da já uti­li­za­dos pelas 34 empre­sas asso­ci­a­dos da ABLV em seus canais de comu­ni­ca­ção e pro­mo­ção, esti­mu­lan­do os con­su­mi­do­res a se enga­jar nes­sa causa.

Para o pre­si­den­te da enti­da­de e do Lati­cí­ni­os Bela Vis­ta (Pira­can­ju­ba), Cesar Helou, a qua­li­da­de do lei­te deve ser sem­pre enfa­ti­za­da. “O lei­te é um pro­du­to natu­ral. Con­tém mui­tas vita­mi­nas e sais mine­rais neces­sá­ri­os para man­ter a saú­de do cor­po e, em ter­mos de nutri­ção é um dos ali­men­tos mais com­ple­tos”, citou. Sobre a cam­pa­nha ago­ra lan­ça­da, diz que a meta é usar dife­ren­tes pla­ta­for­mas a fim de escla­re­cer o que é mito e o que é ver­da­de acer­ca do produto.

O movi­men­to Lei­te Faz Seu Tipo tam­bém será dis­se­mi­na­do por meio de estra­té­gia de ações de rela­ci­o­na­men­to com influ­en­ci­a­do­res, com­pra de mídia em redes soci­ais, ati­va­ções e mídi­as alternativas.

Atu­al­men­te, a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra da Indús­tria de Lei­te Lon­ga Vida reú­ne as 34 mai­o­res empre­sas do setor que, jun­tas, pro­du­zem mais de 75% de todo o lei­te UHT pro­ces­sa­do e con­su­mi­do no País.

Rolar para cima