balde branco

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram, no primeiro semestre deste ano, US$ 45 bilhões. Este valor representa metade das vendas externas totais do País, no período, segundo dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. A balança comercial do setor foi superavitária em US$ 38,9 bilhões, alta de 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Sem a presença do agronegócio, o Brasil teria déficit de US$ 15,3 bilhões.

Enquanto houve retração de 4,3% nas exportações totais do Brasil, o agronegócio obteve crescimento de 4% em suas vendas externas, com incremento de US$ 1,7 bilhão. O saldo comercial do agronegócio (exportações menos importações) foi impulsionado principalmente pelo aumento dos embarques, mas também pela queda de 13,7% nas importações do segmento.

A China foi o principal destino das exportações do Brasil no primeiro semestre de 2016, com receita de US$ 11,4 bilhões (17,2%). O País continua tendo um papel fundamental na balança comercial brasileira, principalmente em relação à demanda por produtos agropecuários, com destaque especial para a compra de soja.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?