Ajustes na seleção da vaca holandesa - Digital Balde Branco

É o que foi defi­ni­do na roda­da de pro­vas do mês pas­sa­do, duran­te a revi­são e alte­ra­ção do GTPI, o índi­ce de desem­pe­nho total da raça

Por Flá­vio Mar­cos Jun­quei­ra Cos­ta, médi­co vete­ri­ná­rio e Coor­de­na­dor da Semex Progressive

A for­mu­la­ção de índi­ces em me­lhoramento gené­ti­co ser­ve para ran­que­ar o gru­po de tou­ros que melhor com­bi­na carac­te­rís­ti­cas dese­já­veis de acor­do com os cri­térios ado­ta­dos por asso­ci­a­ções de raça e que indi­re­ta­men­te repre­sen­tam os cri­a­do­res e selecionadores.

Nos Esta­dos Uni­dos, os índi­ces mais uti­li­za­dos de sele­ção para ran­que­a­men­to de tou­ros são GTPI (Índi­ce de Desempe­nho Total) e o Méri­to Liqui­do (Net Merit). Já no Cana­dá, os mais comuns são o GLPI (Índi­ce de Desem­pe­nho Vita­lí­cio) e o Pro$ (que men­su­ra ren­ta­bi­li­da­de esti­mada até seis anos de ida­de do animal).

São índi­ces bem conhe­ci­dos ao redor do mun­do, sen­do que nos últi­mos tem­pos o GTPI se tor­nou mui­to globa­lizado e pas­sou a ser con­si­de­ra­do a fer­ra­men­ta de sele­ção que tem nor­te­a­do o ran­que­a­men­to de tou­ros. Para produ­tores com foco mais comer­ci­al, o Méri­to Liqui­do tem sido mais empre­ga­do. Além dis­so, cada pro­pri­e­da­de pode estabe­lecer um cri­té­rio de sele­ção que este­ja mais coe­ren­te com suas expectativas.

Con­tu­do, ape­sar de algu­mas con­trovérsias, esses índi­ces ain­da ten­dem a ser o parâ­me­tro pre­do­mi­nan­te no ran­que­a­men­to. Uma ques­tão bas­tan­te impor­tan­te a sali­en­tar é que de tem­pos em tem­pos os índi­ces são revi­sa­dos e ajus­ta­dos. Nes­te caso é leva­do em con­sideração as neces­sidades do mer­ca­do, evi­dên­ci­as cientifi­cas e opi­niões de cri­a­do­res, bus­can­do uma for­ma mais co­erente e efi­ci­en­te de ran­que­ar os touros.

O últi­mo ajus­te do GTPI foi rea­li­za­do em 2015 e, conside­rando a velo­ci­da­de do ganho gené­ti­co e as neces­si­da­des do mer­ca­do, um novo ajus­te e, nes­te caso, sig­ni­fi­ca­ti­vo, foi re­alizado na roda­da de pro­vas no mês pas­sa­do. Este arti­go visa expli­car e discu­tir essas mudanças.

—————————
Leia a ínte­gra des­ta maté­ria na edi­ção Bal­de Bran­co 635, de setem­bro 2017

Rolar para cima