Analistas do mercado leiteiro recomendam cautela e olho vivo nos custos em 2022 - Digital Balde Branco

CARTA AO LEITOR

Analistas do mercado leiteiro recomendam

cautela e olho vivo nos custos em 2022

Como sem­pre acon­te­ce, é comum ini­ci­ar a pri­mei­ra edi­ção do ano com um balan­ço do que repre­sen­tou o ano ante­ri­or e qual será a sua influên­cia – posi­ti­va ou nega­ti­va – a par­tir de ago­ra. O que tra­ze­mos para nos­sos lei­to­res são algu­mas aná­li­ses, sobre­tu­do sobre o que o pro­du­tor pode espe­rar, ou seja, as Pers­pec­ti­vas para 2022. Além dis­so, como enfren­tar as ten­dên­ci­as nega­ti­vas “her­da­das” do ano que se encer­rou. Assim, vale ler as repor­ta­gens “Espe­ci­a­lis­tas reco­men­dam cau­te­la e equi­lí­brio dos cus­tos em 2022” e “Balan­ço da CNA”, que apon­tam alguns aspec­tos favo­rá­veis em um cená­rio, porém, ain­da de mui­ta incer­te­za. É sobre o que a Bal­de vem sem­pre aler­tan­do: ges­tão efi­ci­en­te, com tudo mui­to bem ajus­ta­do por­tei­ra aden­tro, para poder enfren­tar as osci­la­ções e os per­cal­ços de mer­ca­do, fora da porteira.

E, ain­da falan­do de núme­ros, a seção “Lei­te em Núme­ros” mos­tra que, ape­sar de todos os trans­tor­nos que se aba­te­ram sobre o pro­du­tor em 2021, ain­da foi um ano posi­ti­vo na balan­ça comer­ci­al do setor lác­teo, ou seja, caiu um pou­co o défi­cit, embo­ra este ain­da vá per­du­rar por alguns anos. E, fina­li­zan­do, apon­ta as boas pers­pec­ti­vas no cená­rio glo­bal des­se mercado.

Outro des­ta­que da edi­ção, a repor­ta­gem de capa, é o óti­mo exem­plo de sus­ten­ta­bi­li­da­de que vem de San­ta Cata­ri­na. Lá, em vári­as pro­pri­e­da­des, o mane­jo ambi­en­tal cor­re­to, segun­do os prin­cí­pi­os do sis­te­ma agro­flo­res­tal, con­ser­va as áre­as de caí­vas (área de extra­ti­vis­mo da erva-mate, em rema­nes­cen­tes da flo­res­ta de arau­cá­ri­as), em inte­gra­ção com a pecuá­ria lei­tei­ra. Com isso, a pro­du­ti­vi­da­de de diver­sas peque­nas pro­pri­e­da­des fami­li­a­res tem aumen­ta­do expressivamente.

Abor­da­mos, ain­da, outros temas rele­van­tes para o setor lei­tei­ro, como a impor­tân­cia da assis­tên­cia téc­ni­co-geren­ci­al para incre­men­tar o negó­cio de pro­du­to­res fami­li­a­res. Os bons exem­plos vêm do Edu­cam­po/­Se­brae-MG e da ATeG/­Se­nar-RJ, que mos­tram os avan­ços sig­ni­fi­ca­ti­vos de pro­du­to­res que se inte­gra­ram a esses programas.

Ain­da sobre esse tema, tra­ze­mos que o pro­gra­ma da DSM-Tor­tu­ga “A qua­li­da­de do lei­te come­ça aqui” com­ple­ta dez anos, acu­mu­lan­do a ava­li­a­ção da maté­ria-pri­ma de 1,2 milhão de vacas em 22 mil pro­pri­e­da­des lei­tei­ras, nos prin­ci­pais Esta­dos lei­tei­ros do Bra­sil. Pro­gra­ma que tem leva­do à melho­ria sig­ni­fi­ca­ti­va da qua­li­da­de do lei­te nes­sas propriedades.

Na entre­vis­ta do mês, con­ver­sa­mos com Veri­di­a­na L. Daley, dou­to­ra em Ciên­ci­as, com espe­ci­a­li­za­ção na área de mode­la­gem das exi­gên­ci­as nutri­ci­o­nais de vacas e bezer­ras lei­tei­ras. Ela é coau­to­ra do RLM Lei­te da Esalq-USP. Como par­ti­ci­pou da ela­bo­ra­ção de capí­tu­los do Nasem (NRC 2021), dis­cor­re sobre a impor­tân­cia das atu­a­li­za­ções des­sa nova versão.

Boa lei­tu­ra!

João Antô­nio dos Santos

Edi­tor

EXPE­DI­EN­TE

Edi­tor

João Antô­nio dos San­tos
editor@baldebranco.com.br

Repór­ter

Erick Hen­ri­que
reporter@baldebranco.com.br

Edi­ção de Arte

Casa da Arte
cdadesign@outlook.com

Cola­bo­ra­do­res

Denis Tei­xei­ra Rocha
Gise­le Dela Ric­ci
Glau­co Rodri­gues Car­va­lho
João Car­los de Faria
Luiz H. Pitom­bo
Natá­lia Gri­gol
Pau­lo do Car­mo Mar­tins
Pedro Arcu­ri
Sophia Honig­mann

Dire­to­ria Comercial

Mari­an­na Cor­rea
marianna.correa@terra.com.br
(11) 9–9975-6429

Repre­sen­tan­te comercial

Vivi­a­ne Rosa
comercial@baldebranco.com.br
(11) 99953–6952

Assi­na­tu­ras

Ales­san­dra Melo
alessandra.melo@baldebranco.com.br
(11) 99480 8631 (what­sapp)

Escri­tó­rio cen­tral
(11) 99480–8631 wattsapp

Coor­de­na­ção Administrativa

Cristhi­a­ne Melo
(11) 99480–8631
(11) 97028–5684

Edi­ção: 19.000 exemplares

Assi­na­tu­ra anu­al: R$ 140,00
Exem­plar atra­sa­do: R$ 14,00

Auto­ri­za­mos a repro­du­ção total ou par­ci­al de nos­sos arti­gos, des­de que men­ci­o­na­da a fonte.

Os con­cei­tos emi­ti­dos nos arti­gos assi­na­dos ou nos anún­ci­os de publi­ci­da­de são intei­ra­men­te de res­pon­sa­bi­li­da­de de seus auto­res, não tra­du­zin­do neces­sa­ri­a­men­te a opi­nião da revista.

Bal­de Bran­co é uma publi­ca­ção regis­tra­da no INPI — Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Pro­pri­e­da­de Indus­tri­al sob nº 006333770 de 106/86 e na Lei de Impren­sa (6º Ofí­cio) sob nº 20963 de 12.01.90.