balde branco

Lançado em agosto último, o aplicativo MilkPoint Radar já compartilha informações de quase 500 produtores, que representam volume expressivo na produção de leite/dia

No mês de outubro, os produto­res cadastrados no aplicativo MilkPoint Radar, lançado há quatro meses pelo portal Agri­point, representavam infor­mações de 478 propriedades, o que correspondia a um volume de leite estimado em mais de 1 milhão de litros, com produção média de 2.173 litros/dia. Tais dados foram gerados por informações transmitidas pelos produtores a respeito do leite fornecido em setembro e pago em outubro. Des­de seu lançamento, ocorrido durante o Simpósio Interleite 2016, até o dia 15 de novembro, 1660 propriedades e 356 consultores se cadastraram no aplicativo.

“Trata-se de uma adesão bem representativa se considerarmos o período de disponibilidade do aplica­tivo. Ao mesmo tempo, revela que tais números deverão crescer muito mais, considerando o universo de produtores no País e o proveito que se pode tirar da ferramenta dentro da atividade leiteira”, cita Marcelo Pereira de Carvalho, dire­tor do Agripoint. O serviço é útil tanto para produtores e consultores técnicos, quanto para indústrias na negociação do leite por região.

Com acesso gratuito, através de aplicativo para celulares ou no compu­tador, a novidade permite comparar a eficiência e a competitividade de cada produtor em relação à sua mesorregião, estado e país. Inicialmente, o serviço está captando informações sobre os preços de leite, o volume vendido, e sobre o laticínio comprador do leite, bem como parâmetros de qualidade e composição do leite. Tais informações representam a chave de entrada do aplicativo.

“Futuramente, iremos incorporar outras variá­veis que permitirão que o produtor tenha uma ampla base comparativa para o negócio”, explica Carva­lho. Os dados são confi­denciais, ou seja, o produ­tor cadastrado terá acesso apenas aos seus próprios dados e às médias, e não a dados individuais dos demais produtores ou a médias por indústrias. “Este é o serviço mais inovador e original que lançamos até hoje, pois não existe nada parecido no mercado. Temos a noção de que pode ser um divisor de águas em relação à geração de informações para o setor lácteo”, cita ele.

Acrescenta que quanto mais pro­dutores aderirem, mais confiáveis e abrangentes serão as informações geradas. Na prática, o aplicativo é um serviço de comparação de preços recebidos pelo leite e também por qualidade pelos produtores. “Isso trará mais transparência ao mercado e me­lhores condições de gerenciamento do negócio por quem aderir ao sistema”, explica. O produtor que se mantiver ativo, aportando dados todos os meses, terá ainda acesso a análises exclusivas de mercado, bem como conteúdos diferenciados, entre outros benefícios”.

Leia a íntegra desta matéria na edição Balde Branco 626, de dezembro 2016

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?