Brasil e Argentina juntos para exportar mais - Digital Balde Branco

O minis­tro Blai­ro Mag­gi (Agri­cul­tu­ra, Pecuá­ria e Abas­te­ci­men­to) se reu­niu com o cole­ga argen­ti­no, Ricar­do Buryai­le, em Bue­nos Aires, para dis­cu­tir uma exten­sa pau­ta de inte­res­ses do Bra­sil e da Argen­ti­na no setor do agro­ne­gó­cio. Eles con­cluí­ram que os dois paí­ses devem se unir para lide­rar o Mer­co­sul e ampli­ar o espa­ço comer­ci­al no mundo.

Tam­bém fala­ram sobre o aumen­to do comér­cio entre os dois mer­ca­dos de pro­du­tos como citros, tri­go, aba­ca­te, ovos fér­teis, mel, pro­du­tos lác­te­os e bio­tec­no­lo­gia. Segun­do Mag­gi, os dois paí­ses são gran­des expor­ta­do­res mun­di­ais de ali­men­tos e terão mais for­ça nas nego­ci­a­ções inter­na­ci­o­nais se atu­a­rem de for­ma con­jun­ta e coordenada.

Buryai­le, por sua vez, con­cor­da, acres­cen­tan­do que os dois paí­ses são sóci­os estra­té­gi­cos, e uma par­ce­ria entre ambos é uma neces­si­da­de. Para isso, os dois admi­tem que é pre­ci­so haver uma rela­ção cla­ra, trans­pa­ren­te e hones­ta. “Àqui­lo que puder­mos acei­tar um do outro, vamos dizer sim. Ao que não pode­mos acei­tar, vamos dizer não”, dis­se Maggi.

Rolar para cima