Chile terá a maior ordenha robotizada - Digital Balde Branco

Fun­do El Ris­quil­lo, pro­pri­e­da­de lei­tei­ra chi­le­na com 6.500 vacas, aca­ba de fechar con­tra­to com a DeLa­val para a ins­ta­la­ção de 64 robôs de orde­nha, trans­for­man­do-se na mai­or fazen­da lei­tei­ra robo­ti­za­da do mun­do. Tra­ta-se de uma pro­pri­e­da­de da Agrí­co­la Anca­li, que já pos­sui em fun­ci­o­na­men­to 16 uni­da­des do mes­mo sis­te­ma a ser ins­ta­la­do, apre­sen­tan­do média de 45,2 litros/vaca/dia.

“Esta­mos nos pre­pa­ran­do para o futu­ro”, dis­se o geren­te de ope­ra­ções da empre­sa, Odrióm Esco­bar, que esti­ma que as vacas nos robôs pro­du­zi­rão 10% mais lei­te do que no sis­te­ma rota­ti­vo. “No sis­te­ma robo­ti­za­do, uma vaca faz em média 2,9 orde­nhas por dia. Os bene­fí­ci­os se reve­lam em mais pro­du­ção, melhor bem-estar ani­mal e menos estres­se para o reba­nho em pro­du­ção”, diz.

O pla­no é orde­nhar vacas recém-pari­das por meio do sis­te­ma rota­tó­rio atu­al­men­te empre­ga­do em seus pri­mei­ros 30 dias de lac­ta­ção jun­to com vacas com úbe­res com algum pro­ble­ma de con­for­ma­ção. Após 30 dias, as vacas serão movi­das para o sis­te­ma robo­ti­za­do. Esco­bar dis­se que a sele­ção para a con­for­ma­ção do úbe­re aju­da a redu­zir a quan­ti­da­de de orde­nhas incom­ple­tas nos robôs.

Rolar para cima