balde branco

A Comissão Nacional dos Empreendedores Familiares Rurais da CNA-Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil deverá apresentar novas linhas de crédito para pequenos e médios produtores. Hoje, o limite de renda bruta para se enquadrar no
Pronaf-Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar é de até R$ 360 mil ao ano e no Pronamp-Programa
Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural de até R$ 1,76 milhão/ano.

A intenção é que para o Pronaf o limite de renda suba para R$ 420 mil/ano, enquanto para o Pronamp, a proposta é de elevar a renda para R$ 2 milhões/ano e criar uma nova linha com R$ 1,5 milhão/ano. “Há uma lacuna de produtores que possuem renda acima de R$ 360 mil, mas que não têm interesse em acessar o Pronamp, mas, sim, o Pronaf, devido às elevadas taxas de juros de 8,5%.”, afirma Jonas Jochims, assessor técnico da CNA.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?