Evento reúne mulheres que atuam no campo - Digital Balde Branco

Pro­mo­vi­do pela Nes­tlé, even­to “Jun­tas em cam­po” reu­niu mais de 200 mulhe­res envol­vi­das na pro­du­ção rural

 Segun­do o últi­mo cen­so do IBGE, as mulhe­res são res­pon­sá­veis por qua­se meta­de da ren­da fami­li­ar no cam­po (42,4%). O valor já é supe­ri­or ao das mulhe­res che­fes de famí­lia que vivem nas cida­des (40,7%).  Além dis­so, pes­qui­sa rea­li­za­do pela Fran6 Pes­qui­sa, Abag-Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra do Agro­ne­gó­cio e pela PwC sobre o per­fil da mulher do agro­ne­gó­cio, entre­vis­tou 301 ges­to­ras rurais entre novem­bro de 2015 e abril de 2016.

O resul­ta­do reve­lou que 57% das entre­vis­tas par­ti­ci­pam ati­va­men­te de sin­di­ca­tos e asso­ci­a­ções rurais, 60% pos­su­em cur­so supe­ri­or com­ple­to, 69% aces­sam a inter­net todos os dias, 88% se con­si­de­ram inde­pen­den­tes finan­cei­ra­men­te, sen­do que 14% con­tri­bu­em mais em casa que o parceiro.

Para dar voz e opor­tu­ni­da­des a esse públi­co, a Nes­tlé, que man­tém diver­sos pro­je­tos e ini­ci­a­ti­vas em par­ce­ria com pro­du­to­res rurais da região, rea­li­zou, no últi­mo dia 26 de agos­to sába­do, na região do Alto Para­naí­ba-MG, um dia de cam­po para mulhe­res que atu­am na área do agronegócio.

O even­to “Jun­tas em cam­po” reu­niu cer­ca de 200 mulhe­res – entre pro­du­to­ras rurais de todos os por­tes, vete­ri­ná­ri­as, agrô­no­mas e tra­ba­lha­do­ras rurais – com o obje­ti­vo cri­ar um espa­ço de tro­ca de expe­ri­ên­ci­as para for­ta­le­cer a atu­a­ção delas. Isso por­que, ape­sar da par­ti­ci­pa­ção cada vez mai­or e de esta­rem mais pre­pa­ra­das para gerir a pro­du­ção rural, a pes­qui­sa da Abag tam­bém mos­tra que 67% das mulhe­res do agro não veem igual­da­de no espa­ço e tra­ta­men­to dado a elas e aos homens. O estu­do reve­la tam­bém que 71% das par­ti­ci­pan­tes já teve pro­ble­mas ao exer­cer lide­ran­ça no campo.

A pro­gra­ma­ção do even­to, rea­li­za­da no Sítio do Cedro, em Car­mo do Para­naí­ba, con­tou com pales­tras e dis­cus­sões sobre temas liga­dos à vivên­cia des­sas mulhe­res, como bem-estar ani­mal e sus­ten­ta­bi­li­da­de. Entre as pales­tran­tes esta­va a atriz Bru­na Lom­bar­di, que con­tou sua tra­je­tó­ria ins­pi­ra­do­ra como mulher de sucesso.

Além dela, tam­bém pales­tra­ram Mar­le­ne Kaiut, pro­du­to­ra de lei­te que assu­miu a fazen­da da famí­lia e enfren­tou diver­sos pre­con­cei­tos, Lívia Maga­lhães, que apre­sen­ta con­cei­tos de bem-estar ani­mal, e Sil­via Por­to, pro­pri­e­tá­ria da fazen­da que rece­be­rá o even­to e líder do pro­je­to Sítio do Cedro Sus­ten­tá­vel. O Bate-Papo Mulhe­res For­tes tam­bém reu­niu espe­ci­a­lis­tas e repre­sen­tan­tes do setor.

“Ape­sar de já res­pon­de­rem por uma par­ce­la impor­tan­te do agro­ne­gó­cio naci­o­nal e de, serem, mui­tas vezes, mais capa­ci­ta­das e pre­pa­ra­das, as mulhe­res que atu­am no cam­po ain­da enfren­tam mui­tos pre­con­cei­tos e, na mai­o­ria dos casos, não têm voz nas deci­sões que envol­vem o setor. Empo­de­rar essas mulhe­res, dan­do visi­bi­li­da­de e um espa­ço para que elas pos­sam, jun­tas, cons­truir e pen­sar novas pos­si­bi­li­da­de e opor­tu­ni­da­des para atu­ar no cam­po é essen­ci­al. É isso que bus­ca­mos com essa pri­mei­ra edi­ção do Jun­tas em cam­po”, afir­ma Tais­sa­ra Mar­tins, agrô­no­ma e geren­te de Desen­vol­vi­men­to de Qua­li­da­de e For­ne­ce­do­res da Nes­tlé Brasil.

Rolar para cima