Frases - Digital Balde Branco

FRA­SES

segu­ro pecuário

No máxi­mo 1% do reba­nho bra­si­lei­ro tem algum tipo de segu­ro. Se no pecuá­rio foram con­tra­ta­dos R$ 5,6 milhões no ano pas­sa­do, no segu­ro de lavou­ras este valor foi infi­ni­ta­men­te mai­or, de R$ 1,7 bilhão. Geral­men­te, vamos às regiões pro­du­to­ras e apre­sen­ta­mos como fun­ci­o­na o segu­ro. E, na mai­o­ria das vezes, os pecu­a­ris­tas nem sabem que essa pos­si­bi­li­da­de existe”

Catia Ruoc­co Rivel­les,  supe­rin­ten­den­te de Segu­ros Agrí­co­las da Mapfre

empre­en­de­do­ris­mo

Eu que­ria viver da roça, do quei­jo, mas não sabia como. Acon­te­ceu então que um vizi­nho com difi­cul­da­des pediu pra gen­te cui­dar das vacas dele. Aí, come­ça­mos a tirar lei­te e a fazer quei­jo. Hoje, com um reba­nho de 80 cabe­ças, pro­du­zi­mos 250 litros de lei­te por dia e 22 peças gran­des de quei­jo canastra”

Luci­lha de Faria, pro­du­to­ra e dona da Quei­ja­ria Pin­go de Amor, em São Roque de Minas-MG, na região da Ser­ra da Canastra

sila­gem

A sim­ples esco­lha do híbri­do cer­to pode sig­ni­fi­car ali­men­tar duas vacas a mais duran­te a lac­ta­ção, ape­nas con­si­de­ran­do a pro­du­ti­vi­da­de des­se híbri­do em tonelada/matéria seca/hectare” 

Thi­a­go Fer­nan­des Ber­nar­des,  pro­fes­sor do Depar­ta­men­to de Zoo­tec­nia da Uni­ver­si­da­de Fede­ral de Lavras (Ufla)

expor­ta­ções

Para expor­tar, todos pre­ci­sa­rão tra­ba­lhar em con­jun­to, cons­truin­do um ambi­en­te de mai­or com­pe­ti­ti­vi­da­de, ou seja, nos pre­pa­rar e orga­ni­zar para pro­du­zir lác­te­os de mai­or valor agregado”

Mar­ce­lo Mar­tins,  dire­tor exe­cu­ti­vo da Viva Lácteose

qua­li­da­de

Esta­mos den­tro das INs 76–77, que já devi­am estar em vigor há mui­tos anos, pois
são viá­veis; bas­ta ter deci­são e deter­mi­na­ção em fazer bem feito”

Tia­go Rho­den, o Tam­bo Rho­den, no muni­cí­pio de Sal­va­dor das Missões-RS 

fazer bem feito

De 2017 para cá, avan­ça­mos mui­to; com a assis­tên­cia téc­ni­ca, dobra­mos a pro­du­ção, a qua­li­da­de do lei­te é óti­ma (CCS em tor­no de 200 mil/ml, CBT menos de 20 mil). Ago­ra, a gen­te acre­di­ta que, mes­mo sen­do peque­nos, sem pers­pec­ti­vas, é pos­sí­vel evo­luir e fazer do lei­te um bom negó­cio para nós”

Jar­del Abi­zai de Andra­de,  do Sítio Três Quar­tos, Ibituruna-MG
Rolar para cima