Leite Letti anuncia nova marca e lançamento de portal e-commerce para vender produtos frescos direto para o consumidor - Digital Balde Branco

Fun­da­da em 2007, a Let­ti está se repo­si­ci­o­nan­do para fazer com que o bra­si­lei­ro reto­me a sen­sa­ção de fres­cor do lei­te e seus derivados

A Let­ti, mar­ca de vare­jo da Fazen­da Agrin­dus, uma das mai­o­res pro­du­to­ras de lei­te fres­co do país, esta­rá de cara nova a par­tir de agos­to. A mudan­ça no visu­al, que inclui um novo logo e novas emba­la­gens, é par­te das ações da mudan­ça de ges­tão da mar­ca, ago­ra sob a tute­la da ter­cei­ra gera­ção da famí­lia Jank, pro­pri­e­tá­ria da Agrin­dus des­de 1945. A nova Let­ti che­ga acom­pa­nha­da do por­tal www.ManiaDeLeite.com.br que comer­ci­a­li­za­rá lei­te fres­co e deri­va­dos dire­to da Fazen­da para a casa do consumidor.

“Tra­ta-se de um super­mer­ca­do vir­tu­al de lei­te e deri­va­dos, no qual o con­su­mi­dor pode­rá com­prar e rece­ber os pro­du­tos da mar­ca em casa, em até 24 horas depois de pro­du­zi­dos”, expli­ca Dia­na Jank de 23 anos, publi­ci­tá­ria, que em con­jun­to com a irmã Taís Jank, de 26 e advo­ga­da, assu­miu o desa­fio de remo­de­lar a com­pa­nhia. Na pri­mei­ra fase do pro­je­to, a nova fer­ra­men­ta esta­rá dis­po­ní­vel ape­nas para cli­en­tes do esta­do de São Pau­lo e gra­da­ti­va­men­te será expan­di­da para outros mer­ca­dos. “Por­que nós real­men­te acre­di­ta­mos no dese­jo de o cli­en­te vol­tar a con­su­mir ali­men­tos fres­cos e com pro­ce­dên­cia reco­nhe­ci­da”, afirma.

A irmã, Taís, expli­ca que o pro­ces­so de reno­va­ção da mar­ca pas­sa por “acres­cen­tar novos ele­men­tos, sem per­der a sua essên­cia de ser uma empre­sa com pro­pó­si­to cla­ro e rele­van­te”. Segun­do ela, o atu­al momen­to da Let­ti é um divi­sor de águas para a empre­sa por­que vai além da por­tei­ra da fazen­da. Abran­ge inves­ti­men­tos em ino­va­ção e tec­no­lo­gia, a par­tir da cri­a­ção de emba­la­gens e novas for­mas de apre­sen­ta­ção dos pro­du­tos. “Com isso, pode­mos ofe­re­cer um lei­te fres­co, por exem­plo, com vali­da­de de 15 dias, o mai­or pra­zo do mercado”.

A nova emba­la­gem, que será PRT e total­men­te reci­clá­vel (gar­ra­fa, rótu­lo e tam­pa) che­ga ain­da este ano no mer­ca­do e traz o con­cei­to de ser trans­pa­ren­te des­de o pro­ces­so até a emba­la­gem em si. “Que­re­mos mos­trar nos­so pro­du­to como ele real­men­te é, não temos o que escon­der”, ressalta.

Segun­do a exe­cu­ti­va, as mudan­ças vão ain­da evi­den­ci­ar o pio­nei­ris­mo da Let­ti e real­çar sua exper­ti­se em lei­te, res­sal­tan­do todo o cui­da­do da empre­sa des­de a manei­ra como reba­nho é tra­ta­do, até o pro­ces­so de indus­tri­a­li­za­ção dos pro­du­tos, rea­li­za­do a menos de 10 metros da ordenha.

Rolar para cima