Governo apoia CCPR na compra da Itambé - Digital Balde Branco

A CCPR-Coo­pe­ra­ti­va Cen­tral dos Pro­du­to­res Rurais de Minas Gerais nego­cia o apoio do gover­no esta­du­al para con­cluir a aqui­si­ção da par­ce­la de 50% das ações da indús­tria de lati­cí­ni­os Itam­bé que per­ten­ci­am à Vigor Ali­men­tos, do gru­po JBS. Uma vez con­cre­ti­za­do, o negó­cio vai per­mi­tir, de fato, que a mar­ca Itam­bé vol­te às suas raí­zes, já que a CCPR detém a outra meta­de do capi­tal da empresa.

Segun­do notí­cia publi­ca­da no jor­nal Esta­do de Minas, o gover­no minei­ro infor­mou estar dis­pos­to a aju­dar na trans­for­ma­ção da Itam­bé, nova­men­te, numa empre­sa 100% minei­ra. “O gover­no con­fir­ma a dis­po­si­ção a aju­dar a CCPR, impor­tan­te coo­pe­ra­ti­va do setor, atra­vés, por exem­plo, de linhas de finan­ci­a­men­to dis­po­ní­veis no Ban­co de Desen­vol­vi­men­to de Minas Gerais”, diz a nota. Além de suas linhas pró­pri­as de emprés­ti­mo, a ins­ti­tui­ção repas­sa recur­sos do BNDES-Ban­co Naci­o­nal de Desen­vol­vi­men­to Econô­mi­co e Social.

Ao anun­ci­ar, no mês pas­sa­do, que pas­sa­ria a deter 100% das ações da Itam­bé, a CCPR infor­mou que o negó­cio sig­ni­fi­ca o for­ta­le­ci­men­to da indús­tria de lati­cí­ni­os. “A CCPR defen­de con­di­ções van­ta­jo­sas para o for­ne­ci­men­to de lei­te e uma valo­ri­za­ção posi­ti­va das ações da Itam­bé, visan­do o for­ta­le­ci­men­to das coo­pe­ra­ti­vas asso­ci­a­das e pro­du­to­res rurais”, des­ta­cou na nota.

Rolar para cima