balde branco

O presidente do Sindilat-Sindicato das Indústrias de Laticínios do RS, Alexandre Guerra, assumiu, no último dia 21 de setembro, a presidência do Conseleite-RS em substituição a Jorge Rodrigues, que agora responde pela vice-presidência.  Segundo ele, a expectativa é manter o trabalho que vem sendo realizado junto ao colegiado com o objetivo de dar ao setor subsídios para entender as dinâmicas de produção láctea do Rio Grande do Sul.

Ao assumir, relatou as dificuldades enfrentadas pelo setor com as altas importações de lácteos dos países do Prata. “O Conseleite deliberou por adotar ações junto ao governo federal para solicitar redução das importações de lácteos e pela abertura de linhas para aquisições governamentais de leite em pó que ajudem a reequilibrar o mercado”, disse o dirigente. Nesse sentido, destacou que é preciso criar cotas para limitar o ingresso de leite uruguaio no Brasil.

Segundo o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o Uruguai não quer nem falar sobre uma possível instituição de cotas, mas sinalizou que, se for impossível formalizar as cotas, vai tentar um acordo tácito para que a entrada de leite em pó do Uruguai siga os padrões da Argentina, onde as aquisições estão relacionadas a momentos específicos de oferta reduzida no mercado interno brasileiro.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?