Itália obriga lácteos a citarem origem do leite - Digital Balde Branco

Des­de o mês pas­sa­do, todos os pro­du­tos lác­te­os comer­ci­a­li­za­dos na Itá­lia terão de indi­car na emba­la­gem a ori­gem do lei­te usa­do em sua fabri­ca­ção. A medi­da inclui quei­jos, man­tei­gas e iogur­tes de ori­gem bovi­na, ovi­na, capri­na e de búfa­la. “É uma revi­ra­vol­ta his­tó­ri­ca que per­mi­ti­rá inau­gu­rar uma rela­ção mais trans­pa­ren­te e segu­ra entre cri­a­do­res, pro­du­to­res e con­su­mi­do­res”, dis­se o minis­tro de Polí­ti­cas Agrí­co­las do País, Mau­ri­zio Mar­ti­na, segun­do repor­ta­gem da revis­ta Isto É.

Os itens pre­ci­sa­rão indi­car não ape­nas onde o lei­te foi pro­du­zi­do, mas tam­bém onde foi trans­for­ma­do, em uma medi­da que tem como obje­ti­vo valo­ri­zar o “made in Italy”, já que mui­tos íco­nes naci­o­nais, como a mus­sa­re­la de búfa­la, cos­tu­mam ser alvos de fal­si­fi­ca­ções. Segun­do o minis­tro, o gover­no está tra­ba­lhan­do para intro­du­zir exi­gên­ci­as seme­lhan­tes em outros ramos do setor agro­a­li­men­tar, como o de massas.

Rolar para cima