Jovens do leite - Digital Balde Branco

CRÔNICA

Paulo do Carmo Martins 

Chefe-geral da Embrapa Gado de Leite

 Ao todo, o cur­so Jovens do Lei­te cer­ti­fi­cou 5.229 alu­nos, o que é um núme­ro con­si­de­rá­vel. Mas, com as pales­tras vir­tu­ais, o núme­ro de bene­fi­ci­a­dos não para de crescer”

Jovens do leite 

AEm­bra­pa Gado de Lei­te ini­ci­ou a come­mo­ra­ção dos seus 45 anos no mês de maio e vai fazer entre­gas de solu­ções à soci­e­da­de até outu­bro. Em maio, entre­gou um cur­so e um novo livro. Ambos estão dis­po­ní­veis para você e os rela­to aqui para lhe inspirar. 

A Embra­pa, a Abra­lei­te e o Inaes/Faemg fina­li­za­ram, em 26 de maio, um cur­so pio­nei­ro que, por nove meses, levou apren­di­za­gem a jovens de até 29 anos e que se dedi­cam à ati­vi­da­de lei­tei­ra. O Cur­so Jovens do Lei­te foi lan­ça­do ain­da em 2020, no dia 12 de agos­to. A data esco­lhi­da foi pro­po­si­tal, por ser come­mo­ra­ti­va do Dia Mun­di­al da Juven­tu­de. Nes­te cur­so, total­men­te gra­tui­to, cus­te­a­do com uma emen­da par­la­men­tar do depu­ta­do fede­ral Char­les Evan­ge­lis­ta, os alu­nos tive­ram aces­so a conhe­ci­men­to estra­té­gi­co da atividade. 

Uma eta­pa rica se deu com sete cur­sos temá­ti­cos de EAD (edu­ca­ção à dis­tân­cia) ofe­re­ci­dos. Três foca­ram a ali­men­ta­ção do reba­nho. São eles: Sila­gem de capim para a pro­du­ção de lei­te, Sila­gem de milho e de sor­go para gado de lei­te e For­ra­gei­ras para a pro­du­ção de lei­te a pas­to. Vale regis­trar que a ali­men­ta­ção é o prin­ci­pal item de cus­to em qual­quer pro­pri­e­da­de, giran­do em tor­no de 60% e que este tipo de abor­da­gem é de gran­de impor­tân­cia, ain­da mais nes­te momen­to, em que os cus­tos de ração estão des­truin­do a ren­ta­bi­li­da­de de todas as pro­pri­e­da­des leiteiras.

Na ques­tão da sani­da­de, aten­ção espe­ci­al foi dada a um vilão pre­sen­te em pra­ti­ca­men­te todas as pro­pri­e­da­des lei­tei­ras em ambi­en­te tro­pi­cal, com for­te impac­to na pro­du­ção e na recei­ta, por redu­zi-las, e no cus­to de pro­du­ção, por ele­vá-lo. Isso sem con­tar o ris­co de con­ta­mi­na­ção do meio ambi­en­te, do tra­ba­lha­dor e do pró­prio lei­te pro­du­zi­do. Daí a impor­tân­cia do cur­so Con­tro­le estra­té­gi­co do car­ra­pa­to dos bovi­nos de leite. 

O reba­nho tam­bém foi tra­ta­do no cur­so Melho­ra­men­to gené­ti­co e con­tro­le zoo­téc­ni­co para a pro­du­ção de lei­te. Este cur­so é estra­té­gi­co para que o pro­du­tor asse­gu­re a melho­ria con­tí­nua de pro­du­ti­vi­da­de em sal­tos, inde­pen­den­te­men­te da raça que seja a base de seu pro­ces­so pro­du­ti­vo. Além de estra­té­gi­as de aca­sa­la­men­to, a visão de pla­ne­ja­men­to dada pelos ensi­na­men­tos advin­dos do con­tro­le zoo­téc­ni­co capa­ci­tou os par­ti­ci­pan­tes a terem um olhar de lon­go pra­zo para a atividade.

Dois cur­sos foca­ram o pro­du­to lei­te e os cui­da­dos neces­sá­ri­os para asse­gu­rar a cap­tu­ra de valor pelo pro­du­tor. O pri­mei­ro foi o Pro­du­ção de lei­te de qua­li­da­de, em que todos os pro­ce­di­men­tos foram inten­sa­men­te dis­cu­ti­dos com os par­ti­ci­pan­tes. Des­de a pro­du­ção até o arma­ze­na­men­to, con­si­de­ran­do as ques­tões regu­la­tó­ri­as. O segun­do foi a visão do cami­nho­nei­ro e da indús­tria, no cur­so Amos­tra­gem, cole­ta e trans­por­te da pro­du­ção de lei­te. Duran­te a rea­li­za­ção dos sete cur­sos, ocor­re­ram lives de per­gun­tas e res­pos­tas, que con­ta­ram com 15 pes­qui­sa­do­res da Embra­pa Gado de Leite. 

Numa segun­da eta­pa, os alu­nos tive­ram pales­tras vir­tu­ais que trou­xe­ram dez temas de impac­to. A pri­mei­ra foi Por que sua fazen­da pre­ci­sa pro­du­zir con­si­de­ran­do o con­cei­to ESG. Mas o que é isso? Este é um assun­to mui­tís­si­mo atu­al. O nível de exi­gên­cia ao se pro­du­zir lei­te está aumen­tan­do e os lati­cí­ni­os cami­nham para ter como for­ne­ce­do­res somen­te pro­du­to­res que res­pei­tam o meio ambi­en­te, as pes­so­as e as vacas. Como solu­ções ao meio ambi­en­te, três pales­tras vir­tu­ais: ILPF: Pro­du­ção de lei­te de qua­li­da­de no mun­do do futu­ro; Tra­ta­men­to e uso de resí­du­os da pecuá­ria lei­tei­ra, bio­di­ges­tor e com­pos­ta­gem de car­ca­ças; Sus­ten­ta­bi­li­da­de e sis­te­mas eco­e­fi­ci­en­tes na pro­du­ção de leite. 

Para aten­der à deman­da de conhe­ci­men­to rela­ci­o­na­do à ali­men­ta­ção do reba­nho, tive­mos a pales­tra Con­cei­tos bási­cos de nutri­ção, ali­men­tos e ali­men­ta­ção, e estra­té­gi­as de suple­men­ta­ção em reba­nhos lei­tei­ros. Já na ques­tão sani­tá­ria, dois assun­tos que são pro­ble­mas fre­quen­tes nas pro­pri­e­da­des foram tra­ta­dos: Pre­ven­ção e con­tro­le da mas­ti­te e Tuber­cu­lo­se bovi­na e saú­de úni­ca: o que o pro­du­tor de lei­te pre­ci­sa saber? Um perío­do impor­tan­te no tra­to dos ani­mais não foi esque­ci­do, na pales­tra vir­tu­al Cui­da­dos no pré e pós-par­to e sua rela­ção com a fer­ti­li­da­de das vacas de lei­te. E, para ter­mi­nar, Auto­ma­ção e moni­to­ra­men­to ani­mal para ges­tão da saú­de, bem-estar e fer­ti­li­da­de do rebanho.

Ao todo, o cur­so Jovens do Lei­te, em sua pri­mei­ra edi­ção, cer­ti­fi­cou 5.229 alu­nos, o que é um núme­ro con­si­de­rá­vel. Mas, com as pales­tras vir­tu­ais, o núme­ro de bene­fi­ci­a­dos não para de cres­cer. Até no dia 31 de maio, já ultra­pas­sa­va a 19 mil pes­so­as. Isso mos­tra um dos pou­cos lados bons des­ta pan­de­mia, ou seja, o mun­do vir­tu­al entrou para a nos­sa roti­na de modo defi­ni­ti­vo, per­mi­tin­do-nos adqui­rir conhe­ci­men­to sem sair de casa.

A segun­da entre­ga come­mo­ra­ti­va dos 45 anos da Embra­pa Gado de Lei­te é o livro BRS Capi­a­çu e BRS Kuru­mi: Cul­ti­vo e uso. Para obtê-lo gra­tui­ta­men­te, bai­xe o dire­ta­men­te da pági­na da Embra­pa Gado de Lei­te na inter­net. Lá, você tam­bém encon­tra­rá os cur­sos EAD aqui rela­ta­dos. Já as pales­tras estão no canal da Embra­pa no You­tu­be. Novas entre­gas virão. 

Rolar para cima