Laticínio canadense de olho no Brasil - Digital Balde Branco

Uma das mai­o­res empre­sas de lác­te­os do Cana­dá, a Sapu­to, vê o Bra­sil como região favo­rá­vel para pos­sí­veis aqui­si­ções no setor. Para isso, está reser­van­do cer­ca de US$ 2,75 bilhões, segun­do o dire­tor exe­cu­ti­vo, Lino Sapu­to Jr. “A indús­tria glo­bal de lác­te­os está frag­men­ta­da, potencial¬mente geran­do opor­tu­ni­da­des”, dis­se ele.

A empre­sa cana­den­se pre­ten­de com­prar indús­tri­as de quei­jos por aqui, mas não men­ci­o­nou nenhum nome em par­ti­cu­lar. Mas reve­lou que há tam­bém inte­res­se em acor­dos com os Esta­dos Uni­dos, Aus­trá­lia e Nova Zelân­dia. As ações da com­pa­nhia, sedi­a­da em Mon­tre­al, aumen­ta­ram 18% em 2016. A Sapu­to inclui tam­bém pro­du­tos Dairy­land Milk e Arms­trong Che­e­se, segun­do repor­ta­gem da agên­cia Reuters.

Rolar para cima