balde branco

O consumo per capita de bebi­das à base de leite de vaca tem se retraído nos últimos anos. O consumo per capita caiu a uma taxa média anual de 0,9% entre 1995 e 2010. Ao contrário do leite de vaca, as vendas de bebidas à base de vegetais e frutas estão em ascensão e ganhando mais es­paço no corredor de lácteos. Es­ses produtos incluem amêndoa, soja, coco, caju, arroz e outras bebidas à base de plantas.

Um relatório recente do De­partamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) aponta tendências distintas entre as duas opções de produtos, mas destaca que o consumo de leite de vaca ainda é um alimento básico na maioria das casas americanas. Apenas 3,3% das famílias compraram uma ou mais bebidas vegetais, enquanto o restante ficou com o leite de vaca.

Dados mostram que a par­ticipação de mercado do leite de vaca caiu de 94,3% em 2013 para 92,4% em 2015. Ao mesmo tempo, a participação de mercado de bebidas de amêndoas passou de 3,4% para 5,1%, enquanto as bebidas de soja caíram de 1,8% para 1,4%. As vendas de outras bebidas vegetais aumentaram de 0,4% para 1,1%.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?