Leite em pó integral volta a cair - Digital Balde Branco

No últi­mo lei­lão de lác­te­os GDT, ocor­ri­do no dia 3 de janei­ro e pro­mo­vi­do pela Fon­ter­ra, hou­ve que­da de 3,9% nos pre­ços médi­os, que fecha­ram a US$ 3.463/t. O lei­te em pó inte­gral foi o lác­teo que apre­sen­tou mai­or que­da, com vari­a­ção nega­ti­va de 7,7% e média final de US$ 3.294/t. Já o lei­te em pó des­na­ta­do fechou a US$ 2.660/t, subin­do 2,3% em rela­ção ao lei­lão anterior.

A quan­ti­da­de de pro­du­tos lác­te­os ven­di­dos aumen­tou 0,3%, sen­do comer­ci­a­li­za­das 22.396 t. Na com­pa­ra­ção com o mes­mo perío­do do ano pas­sa­do a quan­ti­da­de ven­di­da caiu 33%, 3.275 t a menos. Os pre­ços futu­ros dos pró­xi­mos lei­lões GDT tam­bém apre­sen­ta­ram que­da e hoje apon­tam para um pri­mei­ro semes­tre com pre­ços de lei­te em pó inte­gral entre US$ 3.200/t e US$ 3.400/t.

Rolar para cima