balde branco

O resultado do leilão GDT do dia 1º de novembro apresentou elevada alta de 11,4% com preços médios de lácteos em US$ 3.327/t. A principal justificativa para o aumento de preços foi a queda na produção na Nova Zelândia na primeira metade de outubro, devido a problemas climáticos. Assim, a oferta mundial de leite continuou caindo significativamente, enquanto a demanda permaneceu relativamente estável.

O leite em pó desnatado teve alta de 6,5%, sendo comercializado a US$ 2.329/t, enquanto o leite em pó integral teve expressiva alta de 19,8%, sendo comercializado a US$ 3.317/t. A manteiga apresentou alta de 4,0%, sendo comercializada a US$ 4.146/t; o queijo cheddar apresentou estabilidade, de 0,9%, sobre o último leilão, fechando a um preço médio de US$ 3.332/t. Os preços negociados nesse leilão são referência para o mercado internacional de lácteos.

Os contratos para entrega futura de leite em pó integral apresentaram reação positiva nas variações até maio de 2017. Destacando-se os meses de dezembro de 2016 e fevereiro de 2017 com expressiva alta nas cotações. Os contratos do produto indicam preços futuros oscilando entre US$ 3.274/t e US$ 3.745/t, segundo informações do Global Dairy Trade.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?