Mais feiras do Pró-Genética em Minas Gerais - Digital Balde Branco

Reu­nião rea­li­za­da em Belo Hori­zon­te-MG defi­niu meta de 150% de cres­ci­men­to para o pro­gra­ma Pró-Gené­ti­ca no Esta­do em 2017

O dire­tor da ABCZ, Rival­do Macha­do Bor­ges Jr, res­pon­sá­vel pelo Pró-Gené­ti­ca, se reu­niu no últi­mo dia 14 de mar­ço, em Belo Hori­zon­te-MG com o pre­si­den­te da Ema­ter-MG, Gle­nio Mar­tins de Lima Mari­a­no, e geren­tes de 33 regi­o­nais exten­si­o­nis­tas, para defi­nir uma nova meta para o pro­gra­ma Minas Gerais: rea­li­zar 102 fei­ras em 2017, uma agen­da 150% mais exten­sa do que o do ano passado.

“É um com­pro­mis­so mui­to impor­tan­te e que vai con­tri­buir para o avan­ço da pecuá­ria bra­si­lei­ra. Um núme­ro mai­or de peque­nos pro­du­to­res terão aces­so à tec­no­lo­gia do tou­ro melho­ra­dor e, ao mes­mo tem­po, vamos fomen­tar o mer­ca­do de tou­ros PO, esti­mu­lan­do esse canal de ven­das para o asso­ci­a­do da ABCZ”, cita Borges.

Para ele, o pró­xi­mo pas­so é pre­pa­rar o cor­po ges­tor e téc­ni­co do Pró-Gené­ti­ca para o cum­pri­men­to da meta, que vai exi­gir ain­da mais envol­vi­men­to de toda a equi­pe na bus­ca por par­ce­ri­as e no estí­mu­lo de par­ti­ci­pa­ção de com­pra­do­res e ven­de­do­res. Duran­te as 102 fei­ras pre­vis­tas para 2017, a expec­ta­ti­va é comer­ci­a­li­zar 1.600 tou­ros de todas as raças zebuínas.

“Sem dúvi­da, é uma ação que repre­sen­ta nos­sa ban­dei­ra de pro­mo­ver uma pecuá­ria lucra­ti­va e efi­ci­en­te para todas as clas­ses de pro­du­to­res”, come­mo­ra o pre­si­den­te da ABCZ-Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Zebu, Arnal­do Manu­el Macha­do Bor­ges. O pre­si­den­te da Ema­ter-MG Gle­nio Mar­tins defi­niu a meta como ousa­da e recor­de, garan­tin­do que todos os 33 escri­tó­ri­os da empre­sa esta­rão empe­nha­dos para o cumprimento.

“A Ema­ter acre­di­ta que o melho­ra­men­to gené­ti­co é um dos ele­men­tos impor­tan­tes para aumen­to da ren­da da ati­vi­da­de pecuá­ria. E o Pro-Gené­ti­ca nos pos­si­bi­li­ta não só levar essa tec­no­lo­gia, como tam­bém outras ati­vi­da­des como pales­tras infor­ma­ti­vas sobre temas impor­tan­tes e, assim, as fei­ras repre­sen­tam um paco­te de ser­vi­ços e pro­du­tos para o for­ta­le­ci­men­to de médi­os e peque­nos pro­du­to­res”, afirma.

O pro­gra­ma foi cri­a­do em Minas Gerais em 2006 em par­ce­ria com a Sea­pa-MG, Ema­ter, Epa­mig e IMA com intui­to de pro­mo­ver o aces­so à gené­ti­ca de qua­li­da­de por peque­nos e médi­os pro­du­to­res rurais. Com o tem­po, o Pró-Gené­ti­ca se espa­lhou por 17 esta­dos. Ao todo, já foram comer­ci­a­li­za­dos cer­ca de 15 mil repro­du­to­res zebuí­nos puros e registrados.

Rolar para cima