Medicina veterinária: mudança nas diretrizes curriculares - Digital Balde Branco

CFMV entre­ga ao Con­se­lho Naci­o­nal de Edu­ca­ção pro­pos­ta de mudan­ça nas Dire­tri­zes Cur­ri­cu­la­res Naci­o­nais da Medi­ci­na Veterinária

O pre­si­den­te do Con­se­lho Fede­ral de Medi­ci­na Vete­ri­ná­ria, Bene­di­to For­tes de Arru­da, entre­gou no dia 22 de feve­rei­ro ao Con­se­lho Naci­o­nal de Edu­ca­ção uma pro­pos­ta de atu­a­li­za­ção das Dire­tri­zes Cur­ri­cu­la­res Naci­o­nais do Cur­so de Medi­ci­na Vete­ri­ná­ria. O diri­gen­te demons­trou a pre­o­cu­pa­ção com a qua­li­da­de da for­ma­ção dos médi­cos vete­ri­ná­ri­os e res­sal­tou a neces­si­da­de de atu­a­li­za­ção das DCNs em vir­tu­de das novas exi­gên­ci­as do mun­do atual.

“Nos últi­mos anos fize­mos um amplo deba­te e enten­de­mos que esta­va che­gan­do o momen­to de refor­mu­lar as Dire­tri­zes Cur­ri­cu­la­res e cons­truir uma pro­pos­ta que aten­da aos novos para­dig­mas”, afir­mou Arru­da. O Bra­sil é hoje o país com o mai­or núme­ro de cur­sos de Medi­ci­na Veterinária.

O CFMV suge­re vári­as alte­ra­ções no tex­to, como: inclu­são de um arti­go que expli­ci­ta os prin­cí­pi­os bási­cos do cur­so de Medi­ci­na Vete­ri­ná­ria; revi­são e moder­ni­za­ção no arti­go que tra­ta dos con­teú­dos essen­ci­ais para o cur­so; esta­be­le­ci­men­to de um teto de 10% da car­ga horá­ria total do cur­so para ati­vi­da­des com­ple­men­ta­res; obri­ga­to­ri­e­da­de de que o cur­so seja minis­tra­do no perío­do diur­no; estí­mu­lo a inser­ção do estu­dan­te des­de os semes­tres ini­ci­ais nos ser­vi­ços vete­ri­ná­ri­os; inclu­são dos con­cei­tos de Saú­de Úni­ca (saú­de ani­mal, huma­na e ambi­en­tal) e bem-estar ani­mal; den­tre mui­tos outras.

Com as mudan­ças, o CFMV pre­ten­de con­tri­buir para melho­rar a for­ma­ção dos estu­dan­tes de Medi­ci­na Vete­ri­ná­ria, pre­pa­ran­do-os para o mer­ca­do de tra­ba­lho. Os médi­cos vete­ri­ná­ri­os atu­an­tes terão tam­bém um nor­te­a­dor para sua for­ma­ção con­ti­nu­a­da; e soci­e­da­de será a mais bene­fi­ci­a­da, pois encon­tra­rá ser­vi­ços com pro­fis­si­o­nais mais capa­ci­ta­dos e afi­na­dos com as neces­si­da­des atuais.

Rolar para cima