Monitoramento de vacas de leite foi "Divisor de águas" - Digital Balde Branco

VITRINE

Monitoramento de vacas de leite foi “Divisor de águas” para agropecuária rex 

É em Boa Espe­ran­ça, no sul de Minas Gerais, que está a Fazen­da Pal­mi­to, adqui­ri­da em 1969 pelo pai de Maria Anto­ni­e­ta Guaz­zel­li, res­pon­sá­vel des­de 2002 pela ges­tão da pro­pri­e­da­de e das pro­du­ções de soja, café e lei­te. Na pecuá­ria lei­tei­ra, a famí­lia assu­miu quan­do a pro­du­ti­vi­da­de era de 2.300 litros/dia e hoje che­gou a 35 mil litros/dia, com apoio da solu­ção de moni­to­ra­men­to Hea­ti­me Pro+ da All­flex. Com 900 vacas em lac­ta­ção, a ati­vi­da­de lei­tei­ra na pro­pri­e­da­de minei­ra vem sen­do aper­fei­ço­a­da cons­tan­te­men­te por meio de tec­no­lo­gi­as que garan­tem a sani­da­de e o cres­ci­men­to do reba­nho, entre elas, o moni­to­ra­men­to, con­si­de­ra­do um “divi­sor de águas” para a pro­du­ção. “Moni­to­ra­mos os ani­mais 24h por dia para com­por­ta­men­to e rumi­na­ção, ati­vi­da­de que é mais liga­da à repro­du­ção, por­que é com­pli­ca­do, num reba­nho gran­de, tra­ba­lhar a par­te repro­du­ti­va sem ter esse moni­to­ra­men­to. Só por obser­va­ção de cio se per­de mui­to em efi­ci­ên­cia”, expli­ca Maria Antonieta.

Zoetis lança 10ª edição do Sumário TOP 100 para raça holandesa 

Com o obje­ti­vo de ori­en­tar cri­a­do­res e de apon­tar as 100 melho­res fême­as gene­ti­ca­men­te para 13 carac­te­rís­ti­cas de gran­de impor­tân­cia econô­mi­ca para a ati­vi­da­de lei­tei­ra, a Zoe­tis lan­ça a 10ª edi­ção do Sumá­rio TOP 100 para a Raça Holan­de­sa. “As ava­li­a­ções genô­mi­cas são fer­ra­men­tas pre­ci­sas para ace­le­rar o melho­ra­men­to gené­ti­co dos ani­mais e melho­rar a lucra­ti­vi­da­de das fazen­das. Este é um mate­ri­al mui­to útil para que o cri­a­dor com­pa­re o reba­nho naci­o­nal com o de outros paí­ses e visu­a­li­ze o seu avan­ço gené­ti­co”, diz Dani­el Bilu­ca, geren­te de Pro­du­to da Zoetis.

Sumário Girolando 2021 elege touro da Alta como o número 1 

Divul­ga­do recen­te­men­te, o Sumá­rio de Tou­ros do Pro­gra­ma de Melho­ra­men­to Gené­ti­co da Raça Giro­lan­do 2021 ele­geu o tou­ro Elo Super­si­re FIV Kub (foto), da bate­ria da Alta Gene­tics, como o núme­ro 1 entre todos os par­ti­ci­pan­tes. O resul­ta­do demons­tra que o ani­mal obte­ve uma ava­li­a­ção genô­mi­ca mui­to alta, além de um valor gené­ti­co bas­tan­te expres­si­vo, o que o trans­for­mou no melhor tou­ro pro­va­do des­se tes­te de pro­gê­nie. Para o geren­te de Pro­du­to Lei­te Naci­o­nal da Alta, Gui­lher­me Mar­quez, esse resul­ta­do demons­tra o cui­da­do da empre­sa em sem­pre entre­gar ao pro­du­tor as melho­res opções.

Biogénesis Bagó construirá uma planta de vacinas antiaftosa na Arábia Saudita

A Bio­ge­ne­sis Bagó, empre­sa de bio­tec­no­lo­gia espe­ci­a­li­za­da no desen­vol­vi­men­to, pro­du­ção e comer­ci­a­li­za­ção de vaci­nas para saú­de ani­mal, assi­nou um acor­do com a MAS (foto), empre­sa líder em ser­vi­ços vete­ri­ná­ri­os no mer­ca­do sau­di­ta, para a cons­tru­ção de uma fábri­ca de vaci­nas con­tra febre afto­sa no Rei­no da Ará­bia Sau­di­ta, que se com­pro­me­te a se tor­nar o pri­mei­ro país ára­be livre da febre afto­sa, refor­çan­do sua segu­ran­ça e autos­su­fi­ci­ên­cia alimentar.

Ministério da agricultura certifica aditivo 100% natural da Premix

O Fator P, adi­ti­vo 100% natu­ral da Pre­mix, lan­ça­do no ano 2000 e uti­li­za­do como com­ple­men­to nutri­ci­o­nal para aumen­to do desem­pe­nho de bovi­nos de cor­te e de lei­te a pas­to e con­fi­na­dos, aca­ba de rece­ber o cer­ti­fi­ca­do de regis­tro no Minis­té­rio da Agri­cul­tu­ra na cate­go­ria de adi­ti­vos zoo­téc­ni­cos, que são subs­tân­ci­as uti­li­za­das para influ­en­ci­ar posi­ti­va­men­te na melho­ria do desem­pe­nho ani­mal. Resul­ta­do de mais de 20 anos de pes­qui­sas, o Fator P é for­mu­la­do e pro­du­zi­do com tec­no­lo­gi­as ino­va­do­ras e natu­rais, desen­vol­vi­das com o pro­pó­si­to de atu­ar como adi­ti­vo para die­tas de rumi­nan­tes (bovi­nos de lei­te e cor­te, buba­li­nos, capri­nos e ovi­nos), equi­nos, asi­ni­nos e mua­res. É subs­ti­tu­to para a redu­ção do uso de ionó­fo­ros e anti­bió­ti­cos nas die­tas de bovi­nos e demais ruminantes.

Rolar para cima