balde branco

CARTA AO LEITOR

NA BONANÇA OU NA TEMPESTADE,

o produtor precisa manter o controle do rumo de seu negócio

Apesar dos transtornos causados pela pandemia de covid-19 Brasil afora (e no mundo), o mercado tem, de modo geral, se mostrado favorável ao produtor de leite. Haja vista os dados levantados pelas consultorias de pesquisa de mercado, que apontam elevação ou pelo menos estabilidade do preço pago pela matéria-prima – claro que com variação de uma região para outra. Também o consumo de lácteos se mostra aquecido.

Porém, vale alertar sobre algo muito importante, sobretudo num ambiente sempre marcado pelas oscilações de preço: em qualquer circunstância é fundamental manter os custos no cabresto e muito bem ajustada a gestão da propriedade. Isso porque, seja na bonança, seja na tempestade, o produtor terá sempre as rédeas na mão, ou, consoante os tempos atuais, a mão na direção, pilotando com segurança seu negócio.

E, na toadinha de sempre, a Balde Branco traz conhecimentos e informações sobre as melhores práticas na produção leiteira, para que os produtores conduzam com eficiência a atividade no seu dia a dia, tomando as decisões certas, nos momentos certos. Esse é o segredo da sobrevivência e do sucesso na atividade leiteira.

Por isso, trazemos uma reportagem especial sobre os 115 anos do Instituto de Zootecnia/Apta, da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Uma longa tradição de pesquisas científicas e inovações tecnológicas a serviço do agro. Nessa reportagem, destacamos algumas, dentre muitas, diretamente voltadas à produção leiteira, que têm contribuído para maior eficiência, produtividade e qualidade da matéria-prima.

Mantendo a sequência sobre como explorar com competência a ordenhadeira, o tema nesta edição é a orientação sobre como comprar bem um equipamento de ordenha adequado às condições da propriedade. Confira.

E, ainda falando em eficiência, é muito importante o produtor manter o manejo reprodutivo do rebanho nos “trinques”, para que as vacas estejam prenhes no tempo certo. Atraso na reprodução, foco da reportagem, significa prejuízos na atividade. 

Para finalizar, convidamos o leitor a conhecer, na entrevista, um pouco da visão e experiência do produtor paulista Wander Bastos, quinta geração de uma família de produtores de leite, que tem uma significativa atuação como representante da classe produtora.

Boa leitura

João Antônio dos Santos

Editor

Editor
João Antônio dos Santos
editor@baldebranco.com.br

Repórter
Erick Henrique
reporter@baldebranco.com.br

Edição de Arte
Casa da Arte
cdadesign.com.br

Colaboradores
Denis Teixeira Rocha
Glauco Rodrigues Carvalho
João César de Resende
Leonildo Stockler
Natália Grigol
Paulo do Carmo Martins
Pedro Arcuri
Rafael Ribeiro

Diretoria Comercial
Marianna Correa
marianna.correa@terra.com.br
(11) 2081-2163 e (11) 9-9975-6429

Representante comercial
Viviane Rosa
comercial@baldebranco.com.br
(11) 99953-6952

Assinaturas
Alessandra Melo
alessandra.melo@baldebranco.com.br
(11) 99480 8631 (whatsapp)

Escritório central
baldebranco@baldebranco.com.br
www.baldebranco.com.br
(11) 2081-3045

Coordenação Administrativa
Cristhiane Melo
cristhiane.melo@baldebranco.com.br
(11) 2081-2579

Edição: 19.000 exemplares

Assinatura anual: R$ 140,00
Exemplar atrasado: R$ 11,00

Autorizamos a reprodução total ou parcial de nossos artigos, desde que mencionada a fonte.

Os conceitos emitidos nos artigos assinados ou nos anúncios de publicidade são inteiramente de responsabilidade de seus autores, não traduzindo necessariamente a opinião da revista.

Balde Branco é uma publicação registrada no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial sob nº 006333770 de 106/86 e na Lei de Imprensa (6º Ofício) sob nº 20963 de 12.01.90.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?