balde branco

O Comissário da Agricultura, Phil Hogan, reconheceu diante dos deputados da Comissão de Agricultura da União Europeia, que as medidas anti-crise, que estão sendo aplicadas desde setembro, não conseguirão recuperar os preços do leite nos próximos meses, mais exatamente, os preços não subirão até o primeiro semestre de 2017.

Segundo ele, o problema das baixas cotações do leite na UE é uma questão de desequilíbrio entre oferta e demanda, motiva­do pelo aumento da produção, não somente no continente, mas também no resto do mundo. A previsão é de que na UE a produção aumente 1% em 2016, enquanto nos Estados Unidos deve chegar a 1,9%. Na Nova Zelândia e na Austrália, espera-se ligeira queda.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?