Queda no VBP da agropecuária - Digital Balde Branco

O Valor Bru­to da Pro­du­ção (VBP) da agro­pe­cuá­ria des­te ano está esti­ma­do em R$ 504,4 bilhões, 3,3% menor do que o de 2015 (R$ 521,9 bilhões). O valor cor­res­pon­de ao fatu­ra­men­to dos prin­ci­pais pro­du­tos agro­pe­cuá­ri­os, como grãos, car­nes, café e cacau. Ape­sar da redu­ção, a soja iso­ladamente apre­sen­ta alta de 0,6%, com o mai­or VBP entre todos os pro­du­tos agropecuá­rios: R$ 113,1 bilhões.

As lavou­ras cor­res­pon­dem a R$ 327,5 bilhões do VBP total e a pecuá­ria, RS$ 176,9 bilhões. Entre as lavou­ras, além da soja, outros des­ta­ques são a cana-de-açú­car (R$ 51,5 bilhões) e o milho (R$ 42,8 bilhões). Na pecuá­ria, a car­ne bovi­na repre­sen­ta R$ 75,1 bilhões, segui­da pela car­ne de fran­go (R$ 50,4 bilhões) e pelo lei­te (R$ 25,6 bilhões).

O mai­or valor bru­to da pro­du­ção agro­pe­cuá­ria é da região Sul (R$ 147,8 bilhões), segui­da do Cen­tro-Oes­te (R$ 139,4 bilhões), Sudes­te (R$ 134,7 bilhões), Nor­des­te (R$ 44,9 bilhões) e Nor­te (R$ 29,5 bilhões). Entre os esta­dos, as mai­o­res redu­ções no VBP são obser­va­das no Mara­nhão, Piauí, Bahia e Tocantins.

Rolar para cima