Rodrigues assume a presidência da Girolando - Digital Balde Branco

A nova dire­to­ria da Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Giro­lan­do tomou pos­se no últi­mo dia 10 de feve­rei­ro, em Uberaba-MG 

A sole­ni­da­de con­tou com a pre­sen­ça de cen­te­nas de cri­a­do­res, lide­ran­ças do setor e auto­ri­da­des polí­ti­cas minei­ras. O pre­si­den­te da Giro­lan­do, Luiz Car­los Rodri­gues, des­ta­cou em seu dis­cur­so de pos­se que tra­ba­lha­rá para defen­der os direi­tos dos pro­du­tos rurais e suge­riu a cri­a­ção de Con­se­lhos Esta­du­ais do Lei­te, além de polí­ti­cas públi­cas para limi­tar a impor­ta­ção de lei­te, con­si­de­ra­da um dos gra­ves pro­ble­mas do mer­ca­do interno.

“Minha mai­or expec­ta­ti­va é alcan­çar o peque­no pro­du­tor de lei­te, fazen­do com que eles tam­bém tenham aces­so à gené­ti­ca de pon­ta da raça Giro­lan­do. Para isso, vamos tra­ba­lhar jun­to aos órgãos res­pon­sá­veis para con­so­li­dar o Pró-Fême­as e apoi­ar os núcle­os de cri­a­do­res para o fomen­to da raça nas mais diver­sas regiões”, disse.

Além dis­so, citou que é pre­ci­so for­ta­le­cer as con­di­ções de pro­du­ção e comer­ci­a­li­za­ção do lei­te para que o pro­du­tor pos­sa via­bi­li­zar o negó­cio e se man­ter na ati­vi­da­de. Já no mer­ca­do inter­na­ci­o­nal exis­te uma deman­da mui­to for­te pela raça que ten­de a aumen­tar em decor­rên­cia da implan­ta­ção da sele­ção genô­mi­ca pelo Pro­gra­ma de Melho­ra­men­to Gené­ti­co da Raça Giro­lan­do. “Vamos fir­mar acor­do com paí­ses da Amé­ri­ca do Sul e Cen­tral para fomen­tar a raça nes­sas regiões”, completou.

Com qua­se 4 mil asso­ci­a­dos, a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Giro­lan­do está come­mo­ran­do em 2017 duas déca­das do Tes­te de Pro­gê­nie, pro­va zoo­téc­ni­ca para ava­li­ar a qua­li­da­de dos tou­ros que anu­al­men­te dis­tri­buiu milha­res de doses de sêmen sem qual­quer cus­to para os pro­du­to­res rurais em todo o país. A raça Giro­lan­do está pre­sen­te em gran­de par­te das pro­pri­e­da­des rurais, sen­do res­pon­sá­vel por 80% da pro­du­ção de lei­te no Brasil.

Em seu dis­cur­so para trans­fe­rên­cia de car­go, o pecu­a­ris­ta Jôna­dan Ma des­ta­cou esse cres­ci­men­to da raça e falou das con­quis­tas da enti­da­de nos últi­mos três anos, den­tre eles o pro­je­to de inter­na­ci­o­na­li­za­ção, que já está em anda­men­to em vári­os paí­ses, e o pro­gra­ma Pró-Fême­as, cujo obje­ti­vo é demo­cra­ti­zar o uso da gené­ti­ca de alta qua­li­da­de por peque­nos e médi­os repro­du­to­res para ele­var a pro­du­ti­vi­da­de dos rebanhos.

O secre­tá­rio de Agri­cul­tu­ra, Pedro Lei­tão, infor­mou que o gover­no de Minas está desen­vol­ven­do uma série de ações para ofe­re­cer aos pro­du­to­res melho­res con­di­ções de pro­du­ção, como, por exem­plo, o pro­gra­ma Pró-Fême­as. Já o pre­fei­to de Ube­ra­ba, Pau­lo Piau, des­ta­cou em seu dis­cur­so o fato da cida­de ser uma refe­rên­cia naci­o­nal no agro­ne­gó­cio e que a pecuá­ria lei­tei­ra terá total apoio em seu governo.

Rolar para cima