balde branco

O serviço veterinário da Etiópia aprovou o certificado zoo-sanitário do Brasil para a exportação de material genético (sêmen e embriões). Trata¬-se do resultado do trabalho do Departamento de Saúde Animal, da CNA-Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e da ABCZ-Associação Brasileira de Criadores de Zebu que, desde o ano passa¬do, vêm atuando para alavancar as exportações de material genético bovino.

Em maio deste ano, o ministério e o setor privado verificaram que a Etiópia é um mercado potencial para sêmen e embriões de bovinos. O país tem um plano para o desenvolvimento da pecuária. Em cinco anos, pretende dobrar a produção de leite e aumentar em 50% a produção de carne bovina. O rebanho bovino soma hoje 52 milhões de cabeças. Segundo o Mapa, as centrais de sêmen e embriões bovinos podem iniciar de imediato as exportações para o mercado etíope.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?