Sucedâneos lácteos de alta qualidade para as bezerras - Digital Balde Branco

VITRINE

Sucedâneos lácteos de alta qualidade para as bezerras 

A Ali­men­ta­ção deve seguir for­mu­la­ção ade­qua­da, aten­den­do às exi­gên­ci­as nutri­ci­o­nais de um perío­do cru­ci­al para o desen­vol­vi­men­to de fême­as sau­dá­veis e for­tes. A Trouw Nutri­ti­on con­ta com a tec­no­lo­gia holan­de­sa do Spray­fo, suce­dâ­neo lác­teo com­pos­to por ingre­di­en­tes de alta qua­li­da­de e tec­no­lo­gia de encap­su­la­men­to da gor­du­ra (Spray drying), que garan­te exce­len­te diges­ti­bi­li­da­de e solu­bi­li­da­de. “O uso de suce­dâ­neo lác­teo na die­ta de bezer­ras ganha cada vez mais espa­ço na pecuá­ria lei­tei­ra devi­do à sua com­pro­va­da con­tri­bui­ção ao desen­vol­vi­men­to dos ani­mais na fase ini­ci­al da vida por pos­suir em sua for­mu­la­ção a mai­o­ria de com­po­nen­tes lác­te­os, com exce­len­te solu­bi­li­da­de e esta­bi­li­da­de. De fácil mane­jo, pode ser ofe­re­ci­do a par­tir do segun­do dia de vida das bezer­ras ou após o fim do perío­do em que rece­bem o lei­te de tran­si­ção”, expli­ca Marí­lia Ribei­ro, res­pon­sá­vel pelo pro­je­to Dra. Spray­fo na Trouw Nutri­ti­on Brasil.

Mosaic fertilizantes e embrapa Capacitam profissionais 

A com­pa­nhia, em par­ce­ria com a Embra­pa, ini­ci­ou a capa­ci­ta­ção de 70 pro­fis­si­o­nais rurais para atu­a­ção na assis­tên­cia e comer­ci­a­li­za­ção de adu­bos para pas­ta­gens e plan­tas for­ra­gei­ras. Com o prin­ci­pal obje­ti­vo de pro­mo­ver o uso efi­ci­en­te e sus­ten­tá­vel de fer­ti­li­zan­tes, a tur­ma do pri­mei­ro trei­na­men­to, que ocor­reu em outu­bro, con­tou com qua­tro dias de aulas on-line para 35 téc­ni­cos. “Sabe­mos que cer­ca de 13% do ter­ri­tó­rio bra­si­lei­ro é cober­to por pas­ta­gens plan­ta­das e esti­ma-se que mais de 100 milhões de hec­ta­res des­sas pas­ta­gens no Bra­sil encon­tram-se em situ­a­ção de degra­da­ção, aumen­tan­do as emis­sões de GEEs. Ao capa­ci­tar­mos pro­fis­si­o­nais sobre téc­ni­cas de adu­ba­ção de pas­ta­gens, rever­te­mos esse ciclo com incre­men­to da pro­du­ti­vi­da­de da pecuá­ria”, comen­ta Anto­nio Mei­rel­les, dire­tor de Rela­ções Gover­na­men­tais e Sus­ten­ta­bi­li­da­de da Mosaic.

Belgo Bekaert participa da banca avaliadora do Desafio de Startups 

A Bel­go, for­ne­ce­do­ra no mer­ca­do bra­si­lei­ro de ara­mes, é uma das empre­sas apoi­a­do­ras do movi­men­to Ide­as for Milk e fez par­te da ban­ca ava­li­a­do­ra do Desa­fio das Star­tups, que encer­rou a quin­ta edi­ção da ini­ci­a­ti­va ide­a­li­za­da pela Embra­pa Gado de Lei­te. “A pecuá­ria lei­tei­ra tem gran­de impor­tân­cia para a eco­no­mia bra­si­lei­ra. Para que o suces­so da cadeia siga cres­cen­do, é pre­ci­so ino­var. E esse pro­je­to tem con­tri­buí­do de for­ma con­sis­ten­te para isso, com equi­pes qua­li­fi­ca­das, o que moti­va o apoio da Bel­go, que tem desen­vol­vi­do tec­no­lo­gia de pon­ta para a pro­te­ção de fazen­das que pro­du­zem lei­te no País”, diz Gui­lher­me Vian­na, geren­te de negó­ci­os da Belgo.

Ourofino amplia portfólio pela parceria com a Safeeds

A Ouro­fi­no Agro­ne­gó­cio (Cravinhos/SP) e a Safe­eds Adi­ti­vos para Nutri­ção Ani­mal (Cas­ca­vel-PR) ago­ra são par­cei­ras na dis­tri­bui­ção das solu­ções Hidrat Fresh e Hidrat Up (hidra­tan­tes ener­gé­ti­cos). O Gru­po Ouro­fi­no, por meio de sua dis­tri­bui­do­ra Ouro­fi­no Agro­ne­gó­cio, comer­ci­a­li­za­rá exclu­si­va­men­te os pro­du­tos para todo o Bra­sil. O Hidrat Fresh é um hidra­tan­te ener­gé­ti­co reco­men­da­do para os desa­fi­os meta­bó­li­cos em vacas recém-pari­das, pre­ve­nin­do doen­ças como ceto­se e fíga­do gor­du­ro­so, além de agir no tra­ta­men­to de supor­te em casos clí­ni­cos, into­xi­ca­ções e cirur­gi­as gerais. Já o Hidrat Up age em bezer­ros com qua­dros de desi­dra­ta­ção, mui­to comum após diar­rei­as de dife­ren­tes origens.

CRV Lagoa: genética do programa Delta da Holanda para os produtores brasileiros 

O equi­lí­brio entre saú­de e efi­ci­ên­cia é o que tor­na o pro­gra­ma de melho­ra­men­to gené­ti­co da CRV úni­co no mer­ca­do. E, por ter uma ori­gem em coo­pe­ra­ti­va e ter como mis­são pro­du­zir o melhor para os pro­du­to­res, é que a CRV tem dis­po­ni­bi­li­za­do os melho­res tou­ros do pro­gra­ma Del­ta para o mer­ca­do bra­si­lei­ro. Essa estra­té­gia visa ace­le­rar o pro­gres­so gené­ti­co dos reba­nhos, tra­zen­do mais pro­du­ção, saú­de e efi­ci­ên­cia para o reba­nho naci­o­nal. Exem­plo dis­so são tou­ros Del­tas: Nip­pon P, Jacuz­zi, Nomi­na­tor, Eloy RF e W Ran­ger. A CRV tem uma ofer­ta ade­qua­da para cada fazen­da e neces­si­da­de dos cli­en­tes. Jun­ta­men­te com os pro­du­to­res, a empre­sa bus­ca um reba­nho sau­dá­vel e sem pro­ble­mas, que con­ver­te de for­ma efi­ci­en­te ali­men­to em lei­te e garan­te alta pro­du­ção para toda a vida.

Zoetis reporta faturamento de US$ 1,8 bilhão no terceiro trimestre de 2020 

O valor cor­res­pon­de a um aumen­to de 13% em rela­ção a igual perío­do de 2019. O lucro líqui­do do segun­do tri­mes­tre des­te ano foi de US$ 479 milhões, aumen­to ope­ra­ci­o­nal de 15%. “Gra­ças à resi­li­ên­cia de nos­sos cli­en­tes e ao com­pro­me­ti­men­to de nos­sos cola­bo­ra­do­res, gera­mos resul­ta­dos melho­res do que o espe­ra­do no ter­cei­ro tri­mes­tre. Con­ti­nu­a­re­mos a inves­tir em opor­tu­ni­da­des que pos­sam entre­gar mais valor e a gerar impac­to posi­ti­vo para o setor”, dis­se Kris­tin Peck, CEO Glo­bal da Zoe­tis. A recei­ta do ter­cei­ro tri­mes­tre de 2020 no Bra­sil foi de US$ 62,2 milhões, um cres­ci­men­to ope­ra­ci­o­nal de 18% em com­pa­ra­ção a igual perío­do de 2019.

Rolar para cima