Touros Girolando começam a ser testados - Digital Balde Branco

A raça Giro­lan­do come­çou a uti­li­zar as fer­ra­men­tas da sele­ção genô­mi­ca para tes­tar seus repro­du­to­res, o que permitirá
redu­zir o tem­po de ava­li­a­ção dos ani­mais e colo­car mais rapi­da­men­te tou­ros de alta qua­li­da­de genética.

Os pri­mei­ros repro­du­to­res da raça geno­ti­pa­dos pelo Pro­gra­ma de Melho­ra­men­to Gené­ti­co da Raça Giro­lan­do (PMGG) já estão
sen­do ava­li­a­dos na 5ª Pro­va de Pré-Sele­ção de Tou­ros. São 69 ani­mais per­ten­cen­tes a fazen­das de diver­sos Esta­dos brasileiros,
que des­de novem­bro do ano pas­sa­do estão no Cen­tro de Per­for­man­ce Giro­lan­do, loca­li­za­do em Uberaba-MG.

Foram rea­li­za­das ava­li­a­ções de tem­pe­ra­men­to pela equi­pe do Gru­po de Estu­dos e Pes­qui­sas em Eto­lo­gia e Eco­lo­gia Animal
(ETCO) da Unesp Jabo­ti­ca­bal. A Embra­pa Gado de Lei­te tam­bém está cole­tan­do uma série de dados para pes­qui­sas com a raça, tais como mar­ca­do­res mole­cu­la­res, aná­li­se ter­mo­grá­fi­ca e genoma.

O valor genô­mi­co dos tou­ros par­ti­ci­pan­tes da pro­va será um dos cri­té­ri­os para defi­nir quais exem­pla­res serão clas­si­fi­ca­dos para o pró­xi­mo gru­po do Tes­te de Pro­gê­nie da raça Giro­lan­do. Segun­do a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra dos Cri­a­do­res de Giro­lan­do, é impor­tan­te com­bi­nar esses dados genô­mi­cos com as outras ava­li­a­ções que o PMGG já dis­po­ni­bi­li­za por meio do Tes­te de Pro­gê­nie e do Con­tro­le Lei­tei­ro para se ter uma sele­ção sus­ten­tá­vel, ali­nha­da com o que o mer­ca­do exi­ge da raça.

Rolar para cima