Um ano de dor, tristezas e transtornos: que fiquem algumas lições - Digital Balde Branco

CARTA AO LEITOR

Um ano de dor, tristezas e transtornos: que fiquem

ALGUMAS LIÇÕES

Che­ga­mos à nos­sa últi­ma edi­ção do ano: dezem­bro 2020/janeiro 2021. Sim­bo­li­ca­men­te uma pas­sa­gem: de um ano tur­bu­len­to para um novo ano, que se ini­ci­a­rá ain­da com mui­tas incer­te­zas e apre­en­sões, mas tam­bém um cabe­dal de lições, que podem nos aju­dar a enfren­tar os novos desa­fi­os. Se forem coi­sas ruins, pelo menos temos já algu­mas “fer­ra­men­tas” apren­di­das para enfren­tá-las; se forem coi­sas boas, essas mes­mas fer­ra­men­tas nos tor­nam mais for­tes para avan­çar e nos aper­fei­ço­ar­mos. Lições que devem valer para tudo em nos­sa vida: rela­ções fami­li­a­res, de ami­za­des, da boa con­vi­vên­cia pro­fis­si­o­nal e nos negó­ci­os… E essas lições nos trou­xe­ram novas ali­a­das, que são as tec­no­lo­gi­as de infor­ma­ção – What­sapp, Ins­ta­gram, Face­bo­ok, Twit­ter, vide­o­con­fe­rên­ci­as. Esses recur­sos digi­tais nos têm aju­da­do a trans­por a ausên­cia e a dis­tân­cia, ampli­an­do o alcan­ce de nos­sa comu­ni­ca­ção e nos per­mi­tin­do dia­lo­gar remo­ta­men­te, man­ten­do vivas nos­sas afei­ções e rela­ci­o­na­men­tos pro­fis­si­o­nais, mes­mo remo­ta­men­te. Mui­tas novi­da­des, apre­en­sões, des­co­ber­tas e apren­di­za­gem para ter­mos o domí­nio des­se “novo nor­mal” que está se configurando.

Pelo lado pro­fis­si­o­nal – diga-se cadeia pro­du­ti­va do lei­te –, apren­deu-se mui­to com todos esses trans­tor­nos e desa­fi­os: no iní­cio da pan­de­mia, a apre­en­são pelo que pode­ria se aba­ter sobre a ati­vi­da­de lei­tei­ra, mas hou­ve a alta na remu­ne­ra­ção da maté­ria-pri­ma. Porém, ago­ra o pro­du­tor está sofren­do com a que­da do pre­ço do lei­te, o aumen­to dos insu­mos e das impor­ta­ções. Ou seja, nada novo para a clas­se pro­du­to­ra, que tem vivi­do cri­ses recor­ren­tes há déca­das, e aca­ba pagan­do a conta.

Nes­te cená­rio, vai a mes­ma obser­va­ção de sem­pre: o pro­du­tor tem de estar mobi­li­za­do na defe­sa de seus inte­res­ses, para não ser nova­men­te pre­ju­di­ca­do. Só vai con­se­guir isso se unin­do para ampli­fi­car sua voz e se fazer ouvir em suas jus­tas rei­vin­di­ca­ções jun­to às ins­tân­ci­as polí­ti­cas e gover­na­men­tais. E, den­tro da fazen­da, tem de estar aten­do à melho­ria da ges­tão e tam­bém à ado­ção de tec­no­lo­gi­as e às boas prá­ti­cas aces­sí­veis a suas con­di­ções. Este cami­nho é o que lhe vai garan­tir supe­rar as cri­ses e tam­bém melho­rar, evo­luir e con­so­li­dar seu negócio.

Nes­ta edi­ção, abor­da­mos temas rele­van­tes, como vacas lon­ge­vas efi­ci­en­tes; res­fri­a­men­to das vacas; con­fi­na­men­to em com­post barn com túnel de ven­to; con­tro­le da cigar­ri­nha-das-pas­ta­gens; sila­gem de milho safri­nha; e lei­te orgâ­ni­co. E tam­bém a entre­vis­ta com Geral­do Bor­ges, pre­si­den­te da Abraleite.

Boa lei­tu­ra!

João Antô­nio dos Santos

Edi­tor

Edi­tor

João Antô­nio dos San­tos
editor@baldebranco.com.br

Repór­ter

Erick Hen­ri­que
reporter@baldebranco.com.br

Edi­ção de Arte

Casa da Arte
cdadesign.com.br

Cola­bo­ra­do­res

Denis Tei­xei­ra Rocha
Glau­co Rodri­gues Car­va­lho
João César de Resen­de
Leo­nil­do Stoc­kler
Natá­lia Gri­gol
Pau­lo do Car­mo Mar­tins
Pedro Arcu­ri
Rafa­el Ribeiro

Dire­to­ria Comercial

Mari­an­na Cor­rea
marianna.correa@terra.com.br
(11) 2081–2163 e (11) 9–9975-6429

Repre­sen­tan­te comercial

Vivi­a­ne Rosa
comercial@baldebranco.com.br
(11) 99953–6952

Assi­na­tu­ras

Ales­san­dra Melo
alessandra.melo@baldebranco.com.br
(11) 99480 8631 (what­sapp)

Escri­tó­rio cen­tral
baldebranco@baldebranco.com.br
www.baldebranco.com.br
(11) 2081–3045

Coor­de­na­ção Administrativa

Cristhi­a­ne Melo
cristhiane.melo@baldebranco.com.br
(11) 2081–2579

 

 

Edi­ção: 19.000 exemplares

Assi­na­tu­ra anu­al: R$ 140,00
Exem­plar atra­sa­do: R$ 11,00

Auto­ri­za­mos a repro­du­ção total ou par­ci­al de nos­sos arti­gos, des­de que men­ci­o­na­da a fonte.

Os con­cei­tos emi­ti­dos nos arti­gos assi­na­dos ou nos anún­ci­os de publi­ci­da­de são intei­ra­men­te de res­pon­sa­bi­li­da­de de seus auto­res, não tra­du­zin­do neces­sa­ri­a­men­te a opi­nião da revista.

Bal­de Bran­co é uma publi­ca­ção regis­tra­da no
INPI — Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Pro­pri­e­da­de Indus­tri­al sob nº 006333770 de 106/86 e na Lei de Impren­sa (6º Ofí­cio) sob nº 20963 de 12.01.90.

Rolar para cima