balde branco

Segundo levantamento da Cati-Coordenadoria de Assistência Técnica Integral, as propriedades da região do Vale do Paraíba geraram, em 2016, mais de 219 milhões de litros de leite. Só na área de Guaratinguetá, que compreende 18 municípios, a produção superou os 129,7 milhões de litros, colocando a micro região como a maior bacia leiteira, na comparação com as 40 regionais agrícolas do Estado. Pindamonhangaba, que compreende 21 cidades, ocupa a terceira colocação do ranking, com 89,4 milhões de litros.

“Entre os fatores que contribuem para esse resultado, estão tradição, muitas décadas de experiência e conhecimento técnico da atividade, com a importante contribuição do cooperativismo e da sinergia entre entidades representativas do setor, aliadas à constante orientação de assistência técnica e extensão rural”, disse Jovino Ferreira Neto, diretor técnico da Cati de Guaratinguetá.

Como desafio para os próximos anos, o representante do órgão estadual destaca a necessidade de mais investimentos em capacitações. “Estamos apostando na execução de um programa regional que, contando com a sinergia de entidades dos setores público e privado, vai elevar a produtividade do rebanho, transformando a Região num polo de excelência em qualidade do leite.”

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?