Vitrine - Digital Balde Branco

VITRINE

KWS sementes figura entre os top 10 da silagem nos ensaios da G12 agro

   A mul­ti­na­ci­o­nal ale­mã KWS Semen­tes se des­ta­cou nos ensai­os da G12 Agro, de Gua­ra­pu­a­va (PR), em par­ce­ria com a Esalq e o IAC-Apta. Os híbri­dos ava­li­a­dos no ensaio são lan­ça­men­tos super­pre­co­ces e fazem par­te do port­fó­lio de sila­gem da mar­ca para esta safra e reco­men­da­dos para o plan­tio na região Sul do Bra­sil. O K9500 PRO2, em área loca­li­za­da no muni­cí­pio de Gua­ra­pu­a­va, pro­pi­ci­ou que as vacas alcan­ças­sem pro­du­ção média de lei­te de 46.300 kg/ha na safra 2019/20. Já os K7330 VIP3 e K9300 PRO3, em Pinhal­zi­nho (SC), garan­ti­ram pro­du­ção média de 29.500 e 28.300 kg/ha, res­pec­ti­va­men­te, sen­do que o K9300 PRO3 alcan­çou a máxi­ma qua­li­da­de com a mai­or con­ver­são de qui­los de lei­te por tone­la­da de maté­ria seca.

Lançamentos superprecoces recomendados 
para o plantio na região Sul do Brasil

BOEHRINGER SAÚDE ANIMAL ANUNCIA PROGRAMA DE FIDELIDADE PARA PECUARISTAS 

   A com­pa­nhia de saú­de ani­mal anun­ci­ou o lan­ça­men­to do pro­gra­ma de fide­li­da­de “Cam­peões do Cam­po”, para pecu­a­ris­tas de cor­te e de lei­te de todas as regiões do Bra­sil. Toda a ope­ra­ção do pro­gra­ma será con­du­zi­da pela empre­sa par­cei­ra Orbia, espe­ci­a­lis­ta em pro­gra­mas de pon­tu­a­ção para o agro­ne­gó­cio bra­si­lei­ro. O “Cam­peões do Cam­po” fun­ci­o­na­rá da seguin­te manei­ra: cada pecu­a­ris­ta cadas­tra­do no pro­gra­ma que gas­tar R$ 2 em pro­du­tos da Boeh­rin­ger Inge­lheim em esta­be­le­ci­men­tos sele­ci­o­na­dos ganha­rá 1 pon­to, que pode­rá ser tro­can­do por pro­du­tos, ser­vi­ços e consultorias.

SIREMATCH, DA CRV LAGOA TEVE CRESCIMENTO DE MAIS DE 65% DE VACAS ACASALADAS

   Desen­vol­vi­do na Holan­da pela CRV e pre­sen­te em 60 paí­ses, o pro­gra­ma tra­ba­lha com as raças Jer­sey e Holan­dês há mais de 30 anos. Há pou­co mais de dois anos, após mais de uma déca­da de expe­ri­ên­cia com as duas raças, a CRV Lagoa tam­bém pas­sou a ofe­re­cer o soft­ware à raça Giro­lan­do, em vir­tu­de de sua impor­tân­cia na pro­du­ção de lei­te no País. Atu­al­men­te, mais de 1.000 fazen­das em todo o Bra­sil são aten­di­das pelo pro­gra­ma, que regis­trou cres­ci­men­to de 65% nos últi­mos três anos. O ban­co de dados abran­ge mais de 330 mil tou­ros, incluin­do base holan­de­sa e base americana.

AGROCERES MULTIMIX EXPLICA COMO A NUTRIÇÃO AFETA O TEOR DA PROTEÍNA DO LEITE

   segun­do Maxi­mi­li­a­no Hen­ri­que Paset­ti, con­sul­tor de ser­vi­ços téc­ni­cos de bovi­nos de lei­te na Agro­ce­res Mul­ti­mix, die­tas com bai­xa quan­ti­da­de de pro­teí­na, geral­men­te, resul­tam em meno­res con­cen­tra­ções de pro­teí­na no lei­te. Ape­sar dis­so, for­ne­cer pro­teí­na além da exi­gên­cia da vaca não resul­ta­rá em aumen­to na pro­teí­na do lei­te. Já a defi­ci­ên­cia de ener­gia na die­ta pode redu­zir os teo­res de pro­teí­na, entre 0,1 e 0,3 %, e aumen­tar os níveis de nitro­gê­nio urei­co do lei­te. Ago­ra, a uti­li­za­ção de volu­mo­sos de qua­li­da­de é outro pon­to impor­tan­te para aumen­tar a pro­teí­na do lei­te. Volu­mo­sos com tama­nho ade­qua­do de par­tí­cu­las têm melhor diges­ti­bi­li­da­de e, por con­sequên­cia, favo­re­cem a sín­te­se de pro­teí­na no lei­te. “Cada vez mais, as cobran­ças e exi­gên­ci­as sobre os lati­cí­ni­os estão aumen­tan­do, fazen­do com que os pro­du­to­res entre­guem um lei­te com bai­xa con­ta­gem de célu­las somá­ti­cas (CCS) e con­cen­tra­ção ade­qua­da de sóli­dos, prin­ci­pal­men­te a gor­du­ra e a pro­teí­na”, diz Pasetti.

LELY CONTRATA EXECUTIVO PARA GERENCIAR MARCA NA AMÉRICA LATINA

   A Lely, empre­sa que ofe­re­ce solu­ções em auto­ma­ção para pecuá­ria lei­tei­ra, tem um novo geren­te para a Amé­ri­ca Lati­na, Edi­son Acher­man (foto). O exe­cu­ti­vo pos­sui expe­ri­ên­cia na ges­tão de pes­so­as e desen­vol­vi­men­to de novas orga­ni­za­ções, além de 23 anos dedi­ca­dos ao mer­ca­do de equi­pa­men­tos para a pro­du­ção de lei­te. Segun­do Acher­man, a sua entra­da na empre­sa faz par­te da estra­té­gia da Lely em refor­çar e con­so­li­dar a pre­sen­ça entre os paí­ses lati­no-ame­ri­ca­nos. “A Lely enten­deu que deve­ria ter um pro­fis­si­o­nal oriun­do da região, que falas­se o idi­o­ma local e tives­se conhe­ci­men­to sobre as neces­si­da­des dos pro­du­to­res e que, des­ta for­ma, pudes­se acom­pa­nhar e desen­vol­ver todos os aspec­tos neces­sá­ri­os para o cres­ci­men­to e pre­sen­ça da marca.”

CHANCELA DO GRUPO DE HEUS MARCA PRODUTOS DA CERRADO NUTRIÇÃO ANIMAL 

   Após um mês da aqui­si­ção da empre­sa bra­si­lei­ra de nutri­ção de bovi­nos Cer­ra­do Nutri­ção Ani­mal, a Royal De Heus comu­ni­ca ao mer­ca­do que os pro­du­tos e ações da com­pa­nhia de Ita­be­raí, região cen­tral de Goiás, seguem sem alte­ra­ções. Os pro­du­tos da com­pa­nhia, que são des­ti­na­dos a gado de lei­te e de cor­te, incluin­do rações com­ple­tas, con­cen­tra­dos, núcle­os e suple­men­tos mine­rais, pro­tei­cos e pro­tei­co-ener­gé­ti­cos, não sofre­rão alte­ra­ção em sua for­mu­la­ção, pas­san­do ape­nas a ter a chan­ce­la de per­ten­cer ao Gru­po De Heus nas embalagens.

Genex: mais de 2 milhões de doses de sêmen vendidas em 2019

   Ao com­ple­tar 15 anos de atu­a­ção no Bra­sil, a Genex, empre­sa do seg­men­to de inse­mi­na­ção arti­fi­ci­al (IA) com foco em qua­li­da­de gené­ti­ca de bovi­nos, come­mo­ra um mar­co em sua his­tó­ria: a supe­ra­ção da meta de 2 milhões de doses de sêmen comer­ci­a­li­za­das em 2019 e a posi­ção de ter­cei­ra empre­sa de gené­ti­ca mais impor­tan­te do País. O núme­ro repre­sen­ta um aumen­to na ven­da de doses da ordem de 20% supe­ri­or em com­pa­ra­ção ao ano ante­ri­or, um cres­ci­men­to tam­bém aci­ma do regis­tra­do pelo mer­ca­do como um todo, segun­do dados divul­ga­dos pela Asbia (Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Inse­mi­na­ção Arti­fi­ci­al). Para Sér­gio Saud (foto), dire­tor exe­cu­ti­vo da Genex no Bra­sil, ter alcan­ça­do esse obje­ti­vo foi um impor­tan­te pas­so no desen­vol­vi­men­to do pla­no estra­té­gi­co da empre­sa, que bus­ca ago­ra um novo desa­fio: che­gar aos 2,5 milhões de doses vendidas.

ZOETIS LANÇA VACINA CONTRA A PNEUMONIA BOVINA

   A Zoe­tis, empre­sa de saú­de ani­mal, lan­çou a Bovi- Shi­eld Gold One Shot, a úni­ca vaci­na dis­po­ní­vel no mer­ca­do bra­si­lei­ro que con­fe­re pro­te­ção com ape­nas uma dose con­tra os prin­ci­pais vírus cau­sa­do­res de doen­ças res­pi­ra­tó­ri­as – IBR, BVD, BRSV e PI3 – e tam­bém con­tra a prin­ci­pal bac­té­ria, Man­nhei­mia hae­moly­ti­ca. “Nos sis­te­mas de con­fi­na­men­to, geral­men­te temos ape­nas uma opor­tu­ni­da­de de mane­jar pre­ven­ti­va­men­te os ani­mais: no momen­to da entra­da. Essa vaci­na, além de segu­ra e efi­caz em pro­por­ci­o­nar pro­te­ção con­tra a pneu­mo­nia, vem ao encon­tro de uma neces­si­da­de do pro­du­tor”, expli­ca o médi­co vete­ri­ná­rio Ever­ton Car­va­lho, geren­te téc­ni­co de Bovi­nos e Equi­nos da Zoetis.

APLICATIVO ‘BUSCAR RURAL’ FACILITA A VIDA NO CAMPO

   O apli­ca­ti­vo foi desen­vol­vi­do pen­san­do na escas­sez de apli­ca­ti­vos do setor do agro­ne­gó­cio, ofe­re­cen­do van­ta­gens a todos os pecu­a­ris­tas, pro­du­to­res rurais e todo o públi­co envol­vi­do no agro­ne­gó­cio. Um apli­ca­ti­vo 100% rural, que reú­ne mais de 15 cate­go­ri­as para anun­ci­ar e ven­der pro­du­tos e ser­vi­ços do setor do agro­ne­gó­cio. O apli­ca­ti­vo Bus­car Rural já está dis­po­ní­vel para os sis­te­mas Android e IOS..

DSM LANÇA TECNOLOGIA PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA PRODUÇÃO DE LEITE 

   A DSM, deten­to­ra da mar­ca Tor­tu­ga de suple­men­tos nutri­ci­o­nais para rumi­nan­tes, anun­cia o lan­ça­men­to de uma nova tec­no­lo­gia de nutri­ção ani­mal. Tra­ta-se do Hy‑D, um ingre­di­en­te que melho­ra ain­da mais os resul­ta­dos da pecuá­ria quan­do apli­ca­do na die­ta de bovi­nos de lei­te e de cor­te em sis­te­mas de con­fi­na­men­to. O Hy‑D é um meta­bó­li­to espe­cí­fi­co de vita­mi­na D3 que garan­te absor­ção mais rápi­da e efi­ci­en­te dos macro­mi­ne­rais (cál­cio, mag­né­sio e fós­fo­ro, essen­ci­ais para o melhor desen­vol­vi­men­to ósseo nos bovi­nos), melho­ra da res­pos­ta imu­ne (defe­sa do orga­nis­mo) e ati­va a expres­são gêni­ca para res­pos­tas do orga­nis­mo aos desa­fi­os da pro­du­ção, além de esti­mu­lar o desen­vol­vi­men­to de fibras mus­cu­la­res. Isso gera bene­fí­ci­os pro­du­ti­vos em ter­mos de lon­ge­vi­da­de das vacas lei­tei­ras, bem-estar ani­mal e qua­li­da­de e segu­ran­ça ali­men­tar (car­ne ou lei­te), de for­ma sus­ten­tá­vel por pro­mo­ver um sis­te­ma de pro­du­ção mais eficiente

BIOMIN FORTALECE SUA EQUIPE DE ATENDIMENTO 

   Empre­sa de solu­ções nutri­ci­o­nais natu­rais do Gru­po Erber, a Bio­min está for­ta­le­cen­do seu time comer­ci­al com o obje­ti­vo de aten­der melhor às neces­si­da­des dos seus cli­en­tes. A empre­sa con­tra­tou dois novos pro­fis­si­o­nais para estrei­tar o rela­ci­o­na­men­to com seus par­cei­ros. For­ma­do em zoo­tec­nia pela Uni­ver­si­da­de Fede­ral de San­ta Maria, Gui­lher­me Bor­di­nhão, com mais de dez anos de expe­ri­ên­cia na área, é o novo geren­te de ven­das da Bio­min, no Para­ná. Leo­nor Cola­cic­co, tam­bém zoo­tec­nis­ta, pas­sa a inte­grar o time da Bio­min como geren­te de ven­das, res­pon­sá­vel pelos esta­dos de São Pau­lo, Espí­ri­to San­to e da região Nor­des­te. Segun­do Leo­nor, o desa­fio é levar solu­ções para os pro­du­to­res, como for­ma de garan­tir com­pe­ti­ti­vi­da­de no mercado.

Rolar para cima