balde branco

As sete lições da Qranio

Juiz de Fora, em Minas Gerais, sedia uma unidade de pesquisa da Embrapa, que contribuiu para que, no leite e derivados, o País deixasse de ser o quinto maior importador para ser o quinto maior produtor do mundo.

Fazer o censo para ter senso

A primeira vez que ouvi falar de censo foi na aula preparatória para a primeira comunhão, na matriz de São Januário, em Ubá-MG. A dona Margarida nos contou que Maria e José haviam ido a Belém para participar de um censo. Confesso que desde aquela época sempre me pareceu falta de senso ter que viajar […]

Qualidade do leite rastreada

Quando o assunto é leite, não há consenso. Até mesmo quando se trata de homenageá-lo. No dia primeiro de junho comemorou-se o Dia Mundial do Leite. Já no próximo dia 24 é o Dia Internacional do Leite.

Inteligência no leite

Em fevereiro do ano passado, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, convidou para uma reunião dirigentes de várias entidades ligadas ao leite (OCB, CNA, Sebrae, Senar e Viva Lácteos). Ela desejava conversar sobre possíveis ações do Governo Federal, em prol da cadeia de leite e derivados.

A indústria não lidera

Por mais frágil que seja o desenvolvimento de um país, ele sempre terá em funcionamento as suas indústrias de tecidos, construção civil e de alimentos. O motivo se deve não somente à óbvia necessidade de atender à sua população, mas pelo fato de estes serem setores de fácil implantação, pois exigem pouca tecnologia.

O elo fraco

Ao contrário do senso comum, o elo fraco da cadeia pro­dutiva do leite é a indústria de laticínios. Já o segmento de produção primária é o elo forte, o inovador, o que dinamiza toda a cadeia. Você concorda?

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?